Seguidores

quarta-feira, 25 de maio de 2011

SER VETERINÁRIO ... É UM DOM DIVINO !!!



DRª MARIA GORETT RAMOS RODRIGUES , A CONHECIDA

GORETT , PESSOA ÍMPAR QUE GOSTA E É UMA ÓTIMA

VETERINÁRIA ,MESMO QUE NÃO FOSSE UMA AMIGA,

AMIGA DE INFÂNCIA , TERIA ESTE CONCEITO DELA COMO

PROFISSIONAL E PESSOA ...

LEMBRO DO CHICÃO , UM CACHORRO QUE ELA RESGATOU NO

ASFALTO QUANDO ELE FOI ATROPELADO E LEVOU PARA SUA

CASA E CUIDOU , MESMO DEPOIS QUANDO FICOU COM PROBLEMAS

NAS PATAS TRASEIRAS E SE ARRASTAVA PELA CASA , DAVA PARA VER

O AMOR QUE ELE NUTRIA POR ELA ...

CHICÃO VIVEU ALGUNS BONS ANOS , FALECEU RECENTEMENTE !!!

TEM O LILICO QUE ESTA CEGO , E CONTINUA COM ELA ...

IR NA CASA DELA É UMA CACHORRADA SÓ , MUITOS QUE FORAM

ABANDONADOS E ELA CUIDA , OUTROS ESTÃO LÁ PORQUE SÃO

CLIENTES , TEM UM CANIL NA SUA CASA QUE FICAM OS QUE

PRECISAM DE TRATAMENTO , TAMBÉM ALUGA PARA PESSOAS

QUE PRECISAM VIAJAR E NÃO TEM AONDE DEIXAR OS BICHINHOS ...

CHORA QUANDO ACONTECE ALGO RUIM COM ELES , LÁGRIMAS

SENTIDAS DE QUANDO SE SENTE IMPOTENTE ...

ELA TEM MUITAS HISTÓRIAS DE AMOR AOS ANIMAIS !!!

QUE MUITAS VEZES NÃO VEMOS O MESMO AMOR EM MÉDICOS

DE HUMANOS , INFELIZMENTE ...

MÉDICOS DE HUMANOS ESTUDAM UMA SÓ ANATOMIA ...

MÉDICOS VETERINÁRIOS VÁRIAS DE ANIMAIS DIFERENTES !!!


GORETT SEJA SEMPRE ESTA PESSOA ILUMINADA , ABENÇOADA E

COM ESTE AMOR INCONDICIONAL PARA COM NOSSOS ANIMAIS !!!

GIOVANA






Oração do Veterinário



SENHOR!

Perante o altar de minha consciência, neste Templo Universal com alma ajoelhada, venho pedir-vos:
A força para doar meus conhecimentos profissionais de Médico Veterinário em prol da salvação e do bem estar animal.
A graça de compreender a responsabilidade e o privilégio que me é concedido de promover o convívio fraterno entre os homens e demais espécies.
A correção nas minhas atitudes.
Que eu ame, socorra e alivie os animais, nossos Irmãos Menores, como faria ao ser humano.
Afastai do meu coração a cobiça e a mesquinhez, que eu tenha compaixão, caridade e respeito por tudo que criaste.
Amém!







ORAÇÃO PELOS ANIMAIS



Meu São Francisco de Assis
Protetor dos animais
Olhai por nós que rogamos
Vossa bênção e muita paz.

Olhai os abandonados
Sofrendo agruras nas ruas
E os que puxam carroças
Açoitados nas ancas nuas.

Pelos pobres passarinhos
Que não podem mais voar
Presos em rudes gaiolas
Só porque sabem cantar.

E as cobaias de laboratório
Que sofrem dores atrozes
Em experiências terríveis
Que lhes impõem seus algozes.

Olhai os que são perseguidos
Sem piedade nas florestas
Só por causa da ambição
Dessas caçadas funestas.

Pelos animais de circo
Que não têm mais liberdade
Presos em jaulas minúsculas
À mercê de crueldade.

Olhai os bois de rodeio
E os sangrados nas touradas
Barbárie e crimes impostos
Por pessoas desalmadas.

Pelos que têm de lutar
Até a morte nas rinhas
Quando o homem faz apostas
Em transações tão mesquinhas.

Olhai para os que são mortos
Nos macabros rituais
Em altares religiosos
Que usam sangue de animais.

Meu bondoso protetor
Oro a vós por meus irmãos
Para que sua dor e tristeza
Não sejam sofrimentos vãos

(Ivana Maria França de Negri)




A Ponte do Arco-Íris


Autor Desconhecido

O pequeno filhote e o cão mais velho estavam deitados à sombra, sobre a grama verde, observando os reencontros. Às vezes um homem, às vezes uma mulher, às vezes uma família inteira se aproximava da Ponte do Arco-Íris, era recebida por seus animais de estimação com muita festa e eles cruzavam juntos a ponte.

O filhotinho cutucou o cão mais velho: " Olha lá! Tem alguma coisa maravilhosa acontecendo!" O cão mais velho se levantou e latiu:"Rápido! Vamos até a entrada da ponte!"

"Mas aquele não é o meu dono", choramingou o filhotinho; mas ele obedeceu. Milhares de animais de estimação correram em direção àquela pessoa vestida de branco, que caminhava em direção à ponte. Conforme aquela pessoa iluminada passava por cada animal, o animal fazia uma reverência com a cabeça em sinal de amor e respeito. A pessoa finalmente aproximou-se da ponte, onde foi recebida por uma multidão de animais que lhe faziam muita festa. Juntos, eles atravessaram a ponte e desapareceram.

O filhotinho ainda estava atônito: "Aquilo era um anjo?", perguntou baixinho. "Não, filho", respondeu o cão mais velho. "Aquilo não era só um anjo. Era uma pessoa que trabalhava em um abrigo de animais."




A Ponte do Arco-íris







Neste lado do paraíso existe um lugar chamado Ponte do Arco-Íris. Quando um animal morre, aqueles que foram especialmente queridos por alguém, vai para a Ponte do Arco-Íris. Lá existem campos e colinas para todos os nossos amigos especiais, pois assim eles podem correr e brincar juntos. Lá existe abundância de comida, água, e raios de sol, e nossos amigos estão sempre aquecidos e confortáveis.Todos os animais que já ficaram doentes e velhinhos estão renovados com saúde e vigor; aqueles que foram machucados ou mutilados estão perfeitos e fortes novamente, exatamente como nós nos lembramos deles nos nossos sonhos, dos dias que já se foram.Os animais estão felizes e alegres, exceto por uma coisinha: Cada um deles sente saudades de alguém muito especial, alguém que foi deixado para trás. Todos eles correm e brincam juntos, mas chega um dia quando um deles para de repente e olha fixo na distância. Seus olhos brilhantes estão atentos; seu corpo impaciente começa a tremer levemente. De repente, ele se separa do grupo, voando por sobre a grama verde, mais e mais rápido.Você foi visto e quando você e seu amigo especial finalmente se encontrarem ficarão unidos num reencontro de alegria, para nunca mais se separar. Os beijos de felicidade vão chover na sua face; suas mãos vão novamente acariciar tão amada cabecinha, e você vai olhar mais uma vez dentro daqueles olhos cheios de confiança, que ha muito tempo haviam partido da sua vida, mas que nunca haviam se ausentado do seu coração. Então vocês, juntos, cruzarão a ponte do Arco-Íris.






Nenhum comentário: