Seguidores

terça-feira, 30 de abril de 2013

História do Dia do Trabalho.



Comemoração, 1º de maio, criação da data, origem, eventos, protestos,
 reivindicações, direito dos trabalhadores ...



Manifestações e conflitos em Chicago (1886): origem da data



História do Dia do Trabalho
O Dia do Trabalho é comemorado em 1º de maio. No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios. 
A História do Dia do Trabalho remonta o ano de 1886 na industrializada cidade de Chicago (Estados Unidos). No dia 1º de maio deste ano, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. Neste mesmo dia ocorreu nos Estados Unidos uma grande greve geral dos trabalhadores.

Dois dias após os acontecimentos, um conflito envolvendo policiais e trabalhadores provocou a morte de alguns manifestantes. Este fato gerou revolta nos trabalhadores, provocando outros enfrentamentos com policiais. No dia 4 de maio, num conflito de rua, manifestantes atiraram uma bomba nos policiais, provocando a morte de sete deles. Foi o estopim para que os policiais começassem a atirar no grupo de manifestantes. O resultado foi a morte de doze protestantes e dezenas de pessoas feridas.

Foram dias marcantes na história da luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho. Para homenagear aqueles que morreram nos conflitos, a Segunda Internacional Socialista ocorrida na capital francesa em 20 de junho de 1889, criou o Dia Mundial do Trabalho, que seria comemorado em 1º de maio de cada ano.

Aqui no Brasil existem relatos de que a data é comemorada desde o ano de 1895. Porém, foi somente em setembro de 1925 que esta data tornou-se oficial, após a criação de um decreto do então presidente Artur Bernardes.

Fatos importantes relacionados ao 1º de maio no Brasil:

- Em 1º de maio de 1940, o presidente Getúlio Vargas instituiu o SALÁRIO MÍNIMO. Este deveria suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer)

- Em 1º de maio de 1941 foi criada a Justiça do Trabalho, destinada a resolver questões judiciais relacionadas, especificamente, as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores.

Dia do Trabalho no Brasil
A chegada dos imigrantes europeus ao Brasil trouxe ideias sobre princípios organizacionais e leis trabalhistas, já implantadas da Europa. Os operários brasileiros começaram a se organizar. Em 1917 aconteceu a Greve Geral, que parou indústria e comércio brasileiros. A classe operária se fortalecia e, em 1924, o dia 1º de maio foi decretado feriado nacional pelo presidente Artur Bernardes.
Mesmo tendo sido declarado feriado no Brasil, até o início da Era Vargas o 1º de maio era considerado um dia de protestos operários, marcado por greves e manifestações. A propaganda trabalhista de Getúlio Vargas habilmente passou a escolher a data para anunciar benefícios aos trabalhadores, transformando-a em “Dia do Trabalhador”. Desta forma, o dia não mais era caracterizado apenas por protestos, e sim comemorado com desfiles e festas populares, como é até hoje.


( PESQUISADO NA NET)

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

sábado, 27 de abril de 2013

A LUTA POR UMA CAUSA ...


Neste caso é pela JUSTIÇA E PAZ NO TRÂNSITO.

Este movimento começou com a mãe do jovem Maycon,
Bernadete Maria Tschaen que fez do  
LUTO uma LUTA.
 A vida do jovem Maycon foi ceifada na BR 262,
em Marechal Floriano/ES. no dia 25 de Abril de 2009, 
o motorista Luiz Carlos Pereira estava embriagado,
pagou R$ 1.500,00 de fiança e foi liberado ...

Entenda o caso:
O jovem Maycon seguia para Marechal Floriano, conduzindo
uma motocicleta com outro jovem, o Daniel no carona.
Luiz Carlos Pereira seguia para Vitória, após ingerir bebidas
alcoólicas, acabou perdendo o controle da direção e colidiu
com a moto de Maycon ... Maycon morreu momentos após, o
jovem Daniel que estava de carona teve uma perna que 
ficou dilacerada, sendo amputada.

Então ...
Uma mãe que clama por justiça, para que outras 
famílias não passem pelo que ela passou e seu 
familiares também.
É este o objetivo de uma caminhada organizada por 
Bernadete Maria Tschaen, que acontece todo ano, no 
dia 1ª de Maio desde 2009.


A luta por uma causa justa ... 
Aqui em Marechal temos a Bernadete, que poderia 
ter ficado com sua dor e ver o tempo passar.
Mas, sabia que isso só seria se entregar ... 
Ela é uma mulher de luta que quer ver mais 
severidade nas leis deste país chamado Brasil e,
que motorista algozes sejam punidos e, os demais 
se conscientizem que ...

* Um carro é uma arma, cuidado ...
Você pode matar.

* Seja consciente quando ligar um carro,
e saiba que você não é o único a estar 
em uma direção.

* O trânsito não é uma guerra e o lema 
não é: SALVE-SE QUEM PUDER.

E o mais importante ...

* QUANTO DIRIGIR ...
NÃO BEBA NADA ALCOÓLICO.

VAMOS TODOS NOS JUNTAR NESTA LUTA.

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

sexta-feira, 26 de abril de 2013

FAXINA ...


PARA VIVER MELHOR.

Hoje decidi ... Vou tirar tudo que me faz mal.
Muitas vezes na vida guardamos o que não presta, 
achamos que um dia talvez possa mudar ... 
Ledo engano. 

Precisamos sim, de energias boas e, o que não presta o nome 
já diz ... As energias ruins estão com ela.
E lixo tem que ir pro lixo.



É, talvez tem um pouco de radicalismo ...
Mas, chega um dia ( sou um pouco lenta ) que o 
que guardamos, começa realmente a FAZER MAL.

Seja o que for:
*AMIZADES que sabemos que são falsas e, mesmo 
assim continuamos. Achando que um dia a pessoa 
vai mudar.

INGRATIDÃO de certas pessoas, que fizemos de
tudo para ajudar. 

MÁGOAS de acontecimentos do passado.

          RANCOR de certos fatos, que muitas vezes teimam em ficar.



                                        Guardamos isso que só nos faz mal.

É a vida ...
Muitas vezes não nos damos conta de como a nossa
bagagem está pesada, com coisas que não vale 
a pena carregar e carregamos.

Perdoar ...
Tudo bem, mas não é fácil.

Deixar para lá ...
É uma forma que muitas vezes agimos, que também
vai incomodar um dia.

ENTÃO: 
Jogue tudo fora, fora mesmo ... 
Jogue fora tudo que é lixo, qualquer coisa que não 
te faz bem é lixo.

Gostei dessas palavras:
" PERDOAR ...
É VOCÊ JOGAR FORA O LIXO, QUE O 
OUTRO DEIXOU EM VOCÊ." 
(Padre Fábio De Melo)

Bom, estas palavras dizem tudo.


Faça uma faxina geral ...

Um exemplo:
Quando você não faxina sua casa, todos vão
ver que ela está suja.
Quando estamos carregando bagagens desnecessárias,
é o nosso semblante que fica carregado, então 
todos também vão ver isso.

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

quinta-feira, 25 de abril de 2013

HISTÓRIA DOS CÃES-GUIAS.






O primeiro relacionamento especial entre um cão e uma pessoa cega é perdido nas névoas do tempo, mas talvez, o exemplo mais novo é descrito em um anúncio de mural no primeiro-século, nas ruínas enterradas de Roman Herculaneum. Também desde a Idade Média, uma chapa de madeira sobrevive mostrando um cão que conduz um homem cego com uma coleira.


Entretanto, a primeira tentativa sistemática de treinar cães para ajudar a povos cegos veio ao redor de 1780 no hospital para cegos “Les Quinze-Vingts”, em Paris. Pouco depois, em 1788, Josef Riesinger, um fabricante cego de Viena, treinou um spitz tão bem que as pessoas freqüentemente duvidavam de que ele era cego.  

Então, em 1819, Johann Wilhelm Klein, fundador de um instituto de educação para pessoas cegas (Blinden-Erziehungs-Institut) em Viena, mencionou o conceito do cão guia em seu livro para educar pessoas cegas (der Blinden de Unterricht do zum de Lehrbuch). Infelizmente, não existe nenhum registro de suas idéias, e nem mesmo de que tenham sido realizadas. Não obstante, um homem suíço, Jakob Birrer, escreveu em 1847 sobre suas experiências de ser guiado sobre um período de cinco anos por um cão que ele mesmo tinha especialmente treinado.  

A história moderna do cão-guia, entretanto, começa durante a primeira guerra mundial, quando milhares de soldados estavam retornando cegos, devido a gases venenosos. Um doutor alemão, Dr. Gerhard Stalling, teve a idéia de treinar cães em massa para ajudar àqueles afetados. Um dia, quando andava com um paciente pelo hospital, ele foi chamado urgentemente, deixando o seu cão na companhia do paciente. Quando retornou, ele teve a impressão distinta da maneira que o cão se comportava e como olhava o paciente cego.  


O Dr. Stalling começou explorar as maneiras de treinar cães para transformar estes em guias de confiança. Em agosto de 1916, foi aberta a primeira escola de cães-guia do mundo para cegos em Oldenburg. A escola cresceu e novas filiais foram abertas em Bona, Breslau, Dresden, Essen, Freiburg, Hamburgo, Magdeburg, Münster e Hannover, resultando em até 600 cães treinados por ano. De acordo com alguns clientes, estas escolas forneceram cães não somente aos ex-militares, mas também às pessoas cegas da Grã Bretanha, França, Espanha, Itália, Estados Unidos, Canadá e União Soviética.  

Tristemente, o empreendimento teve que fechar em 1926, mas por esse tempo um outro grande centro de treinamento de cães-guia tinha sido aberto em Potsdam, perto de Berlim, e estava provando ser altamente bem sucedido. Seu trabalho quebrou o novo campo de treinamento de cães-guia, era capaz de acomodar mais ou menos 100 cães de cada vez, e fornecia até 12 treinamentos completos a cães-guia por mês. Em seus primeiros 18 anos, a escola treinou mais de 2.500 cães, com uma taxa da rejeição de apenas 6%.  

Em torno deste tempo, uma milionária americana, Dorothy Harrison Eustis, já treinava cães para o exército, polícias e serviço aos consumidores na Suíça. Era a energia e a perícia de Dorothy Eustis que estava lançando o Movimento Internacional do Cão-Guia. Quando ouviu sobre o centro de Potsdam, Eustis estava curiosa para estudar seus métodos, e gastava diversos meses lá. Ela voltou tão impressionada que escreveu um artigo sobre o assunto para o The Saturday Evening Post na América, em Outubro 1927.  

Um americano cego chamado Frank Morris ouviu sobre o artigo e comprou uma cópia da revista. Ele disse mais tarde, que pelos cinco centavos pagos, "comprei um artigo que valeu mais do que um milhão dólares para mim. Isto mudou minha vida". Ele escreveu para Eustis, dizendo lhe que gostaria muito de ajudá-la a introduzir cães-guia nos Estados unidos.

Aceitando o desafio, Dorothy Eustis treinou um cão, Buddy, e trouxe Frank para Suíça para aprender como trabalhar com ele. Frank voltou para os Estados Unidos acreditando ser o primeiro cão-guia da América.


O sucesso desta experiência incentivou Eustis a abrir suas próprias escolas de cão-guia em Vevey na Suíça em 1928 e pouco depois nos Estados Unidos. Chamou-os "L’Oeil qui Voit", ou "The Seeing Eye" (o nome vem do Velho Testamento da Bíblia- "O ouvido que ouve, e o olho que vê", Provérbios, XX, 12), e esta foi a primeira escola de cães-guia da modernidade”. 

Em 1930, duas mulheres Britânicas, Muriel Crooke e Rosamund Bond, ouviram sobre "The Seeing Eye" e entraram em contato com Dorothy Eustis, que as enviou um de seus instrutores. Em 1931, os primeiros quatro cães-guia britânicos terminaram seu treinamento e três anos mais tarde a associação de cães-guia para cegos foi fundada: The Guide Dogs for the Blind Association.  

Desde então, estão sendo abertas escolas de cães-guia em toda parte do mundo, e mais escolas abrem suas portas a cada década. Milhares de pessoas tiveram suas vidas transformadas pelos cães-guia e pelas organizações que os fornecem. O compromisso das pessoas que trabalham para estas organizações é hoje tão profundo quanto era antigamente, e os herdeiros da herança de Dorothy Eustis continuam a trabalhar para aumentar a mobilidade, a dignidade e a independência de pessoas cegas no mundo. O movimento continua.   


O Programa de cães guia do Instituto Iris precisa da sua colaboração.
A doação de recursos é fundamental para o desenvolvimento da atividade no Brasil.

Você pode ajudar contribuindo com um depósito de qualquer valor na conta-corrente do *Instituto IRIS* nos bancos: Bradesco, Real ou Santander, ou solicite um boleto para ser creditado em qualquer instituição bancária pelo e-mail: doador@iris.org.br.

A sua participação é vital para nós, CONTRIBUA!

Banco: 237 (Banco Bradesco)
Agência: 0548-7
Conta:101.400-5

Banco: 356 (Banco Real)
Agência: 0409
Conta: 8038756-9

CNPJ: 05.295.189/0001-00
Razão Social: Instituto IRIS - de Responsabilidade e Inclusão Social Entidade qualificada como OSCIP pelo Ministério da Justiça 

quarta-feira, 24 de abril de 2013

LEMBRANÇAS ...


Que corrói neste momento.


Lembranças boas ...
Lembranças nem tão boas assim.
O que sinto ?
Neste momento a alma chora, e você acaba 
chorando com ela também.
Tem dia que você acorda assim ...
Querendo voltar no tempo.
Triste com certos acontecimentos ...
Querendo que fosse diferente.
Mas, a vida está mostrando que nem tudo 
nela é alegre, mas:
As lembranças do ontem ...
A tristeza do hoje ...
Pode se transformar na alegria do amanhã.
É a sabedoria da VIDA ... 
Basta a nós, o DISCERNIMENTO.

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER



terça-feira, 23 de abril de 2013

UM CASO REAL DE MARECHAL FLORIANO.


Uma MENTE PERIGOSA ...

DE UM PACATO TAXISTA A UM ASSASSINO FRIO CONFESSO.

O caso do MANÍACO DO TÁXI.

Aconteceu o seu JULGAMENTO ...
Muitos chamam de JUSTIÇA,
ou seria uma JUSTIÇA INJUSTA ???

Marechal Floriano, foi pano de fundo de uma HISTÓRIA
MACABRA em Junho de 2012.



Postei neste blog o começo desta história, é só 
conferir:





Este taxista foi julgado ontem pela morte da 
jovem Thais Lyrio ...
Ainda vai acontecer o julgamento da outra 
jovem Tânia Rodrigues Pereira ...
Quando ???
Não se sabe !!!


Não conheço a família destas jovens ...
Mas, registro aqui os meus sentimentos.
Acredito, que deveríamos ter uma justiça mais severa. Sei que nada vai 
trazer a pessoa de volta ... Mas, mesmo assim É REVOLTANTE.
SÓ QUEM JÁ PASSOU POR SITUAÇÕES SEMELHANTES, SABE 
COMO DÓI ... INFELIZMENTE MINHA FAMÍLIA JÁ PASSOU POR 
ISSO. E até hoje sofre com a chamada JUSTIÇA.

" Nesta vida, infelizmente uma coisa é sempre igual:
  A JUSTIÇA é, e sempre será INJUSTA, para os que 
  ficam."

Outra coisa horrível, é como algumas pessoas 
são maldosas ... 

Muito chato alguns comentários que li em 
sites de notícias da região serrana.
O mínimo que poderiam ter é respeitar a dor
desta família.

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER


sábado, 20 de abril de 2013

PROTETORES DOS ANIMAIS ...


É muito linda esta dedicação.

Felizmente temos pessoas iluminadas, que se preocupam 
com os nossos bichinhos.
Quando falo nossos bichinhos, lembro-me do Chico Xavier,
que falou :

" NÓS SERES HUMANOS, ESTAMOS NA 
NATUREZA PARA AUXILIAR O PROGRESSO
DOS ANIMAIS, NA MESMA PROPORÇÃO QUE
OS ANJOS ESTÃO PARA NOS AUXILIAR.
PORTANTO QUEM CHUTA OU MALTRATA 
UM ANIMAL É ALGUÉM QUE NÃO APRENDEU 
A AMAR."

Temos muitos casos, vou citar o lindinho 
DENTINHO ...


“Senhor! Quando me concederes aquilo de que eu mais preciso, ensina-me a usar a tua concessão, não só em meu proveito, mas em benefício dos outros, a fim de que eu seja feliz com a tua dádiva, sem prejudicar a ninguém.” (André Luiz) 

É com esta Energia que formamos este grupo SOS DENTINHO para, juntos, na LUZ do Amor aos animais, ajudarmos a este serzinho indefeso reencontrar a sua dignidade. 

O Dentinho foi encontrado na rua atordoado ontem, dia 04/04/13 pela protetora Lucia Verônica, em frente ao Hospital Getúlio Vargas, em Recife. Ela o resgatou e iniciamos esta linda campanha para poder ajuda-lo a enfrentar uma nova fase na sua vidinha saudável, FELIZ e com uma nova família que o ame muitooo e o faça esquecer estes dias que já acabaram. 

Vamos pensar POSITIVO e com FE! para o nosso Dentinho!!!!

Hoje está bem, graças a Deus, fez cirurgia para tirar o 
globo ocular e os dentinhos ...
É AMOR verdadeiro, AMOR incondicional.

Vou citar alguns nomes dessas pessoas ILUMINADAS ...

* BEL SARMENTO -Maceió 
* GENINHA DE PAULA -São Paulo
*GORETTI QUEIROZ DOGMIDIA - Recife
*PATRICIA BALLARD - Rio de Janeiro
*OLIVIA ZANON DALLORTO - Vitória/ES.
*EDI SOARES - Rio de Janeiro
*DENISE ADOTE - Presidente Prudente 
*MARCELINHO PROTETOR- Mairiporã 
*TETÊ/DOCA- Marechal Floriano/ES.

E temos muito mais por ai ...

Quantos animais que precisam de carinho, apoio, afeto e
comida ...
Que estão jogados como se fossem lixo ...
Sim, lixo urbano.
E graças a Deus temos estes seres iluminados, que amam e 
fazem de TUDO para protege-los.

Deus abençoe vocês meus amados amigos ...




Abraço carinhoso e fraternal ...

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

quinta-feira, 18 de abril de 2013

HISTÓRIAS INTERESSANTES DE ANIMAIS ...


Os seres humanos tem muito o que aprender com 
os animais ... Uma diferença, e já colocam tantos 
empecilhos, uma adoção para muitos um absurdo ...

Então SERES RACIONAIS, aprendam com os
SERES IRRACIONAIS.


FILHOTE DE CHIMPANZÉ ABANDONADO
PELA MÃE É "ADOTADO" POR CÃES.


Chimpanzé de dois anos se considera membro da família canina

Um filhote de chimpanzé nascido em um zoológico na Rússia foi abandonado pela mãe e levado para a casa de um dos funcionários do estabelecimento. Por coincidência, a cadela da raça Mastiff que já morava na casa do funcionário deu à luz quatro filhotes, e não hesitou em adotar o pequeno macaco.
Segundo o jornal britânico Daily Mail, pouco tempo depois, o chimpanzé já se considerava da mesma ninhada de seus "irmãos" adotivos, comendo no mesmo prato, brincando e dormindo junto deles. Usando uma fralda descartável, o macaco, de dois anos de idade, se adaptou muito bem à nova vida e não sai de perto de sua nova família canina.


GERALD, UMA GIRAFA DE 5 mts, FAZ AMIZADE 
COM ZEBRA EM ZOO INGLÊS.



Uma girafa do zoológico Arca de Noé, em Bristol, na Inglaterra, tomou a iniciativa de fazer "amizade" com uma zebra recém-chegada ao local. Gerald, uma girafa macho de 5 metros de altura, foi flagrada pelas câmeras fazendo contato com a zebra Zebedee, um dos três animais da mesma espécie que chegaram recentemente ao zoológico.
Will Bradbury, funcionário do local, diz que Gerald é conhecido por interagir com outras espécies. "Antes da chegada de sua companheira fêmea, no ano passado, a girafa macho já havia feito 'amizade' com uma cabra e com uma outra família de zebras."


CADELA AMAMENTA CRUZA DE LEOA E TIGRE.


Cinco filhotes de tigreão (cruza entre leoa e tigre) foram cuidados por uma cadela da raça pastor alemão no zoológico de Wuqiao, na China. Segundo o site People Pets, os tratadores notaram que a mãe dos pequenos não possuía leite suficiente para amamentá-los e sobrou para a cadela o trabalho de "ama de leite".
O caso ocorreu em junho de 2010. Nasceram três fêmeas e dois machos que compartilham características de ambas as espécies, como a juba do leão e a pelagem listrada do tigre.




VEADO TEM CADELA COMO "MÃE ADOTIVA".



Na cidade de Durango, no Iowa (Estados Unidos), a "adoção" inusitada ocorreu de forma mais natural. Em 2007, um veado começou a tratar uma cadela como se fosse sua mãe.
Segundo Gale Frederick, proprietário da cadela, Kelsey, como o veado é chamado, foi abandonado pela mãe natural e adotou Candy no seu lugar. 



GATO E CADELA ??




Quando sua cadela estava prestes a dar à luz, a chinesa Li Dajie decidiu comprar um filhote de gato. Talvez os dois acabassem como inimigos, como indica a visão tradicional sobre a dupla de animais, mas, talvez influenciada pelos filhotes que estavam por chegar, a cadela "adotou" o gatinho.
"O gato e a cadela se deram muito bem desde o início e rapidamente se tornaram inseparáveis", relatou a dona. Após o nascimento dos quatro filhotes, o gato começou a tomar leite da mãe adotiva junto aos novos irmãos.
Li disse ainda que os amigos e parentes sempre estão visitando sua casa para testemunhar a incomum relação de mãe e filho entre a cadela e o gato. 




CACHORRO FAZ AMIZADE COM FILHOTE DE 

LEÃO EM RESERVA AFRICANA.




Um cão de caça e um filhote de leão se tornaram amigos na reserva natural privada de Tshukudu Game, na África do Sul. Norman, o cachorro, foi comprado pela reserva para ajudar a afugentar ladrões, mas acabou adotando o leãozinho Bhubesi.

O guarda-florestal Jaco Venter, que criou o filhote de leão, diz que quando se aproxima dos dois, Bhubesi chega a brigar pela atenção do cachorro. Bhubesi, de seis meses de idade, foi rejeitado pela mãe e está sendo criado na reserva por Jaco e sua namorada Wendy.

PASSEIO
A amizade foi registrada pelo fotógrafo de vida selvagem Stu Porter, de 36 anos, que estava em um safári na região. Segundo o fotógrafo, as imagens foram feitas durante a caminhada matinal onde o cachorro é treinado para se mover na reserva.
"Eles são sempre muito amigáveis um com o outro, exceto na hora de comer, quando os instintos falam mais alto. Mas aí eles são alimentados separadamente", disse o fotógrafo à agência de notícias britânica Caters.


( Pesquisado na NET)





O mundo animal é uma verdadeira selva. Predador
caça presa, e assim vai ...
Os animais fazem isso porque precisam sobreviver.
Mas, também pode acontecer casos de amizades 
inusitadas ... 
E isso chamo de AMOR.
Que infelizmente o HOMEM, esta esquecendo 
o seu significado.

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER


quarta-feira, 17 de abril de 2013

MARECHAL FLORIANO/ES.



CERCADA POR MATA ATLÂNTICA QUE DA UM DIFERENCIAL NO VISUAL ...



MANHà


TARDE


NOITE



E QUE DEUS ABENÇOE SEU POVO E SEUS GESTORES.

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

terça-feira, 16 de abril de 2013

A CHAMA QUE NOS MOVE É O AMOR (7) ...



Que assim seja, sempre.

A nossa lindinha Lua, continua a sua 
trajetória. 


Neste momento, um pouco pensativa ... 
Talvez arquitetando um plano de fuga, ela sempre 
faz alguma coisa para chamar atenção ...
E, olha que atenção não lhe falta.


Mas, Lua é assim mesmo ... 
Minha irmã mudou de casa e, Lua fica mais 
em uma caixa grande e confortável, que é para ela não 
ficar se arrastando, pois corre o risco de se machucar ...
( o carrinho já foi encomendado, infelizmente deu 
uns probleminhas ...).
Lua não para, agora aprendeu a pular da caixa e fica 
meio a meio ( metade para fora e metade para 
dentro).
Lua na realidade é uma história ... Uma linda 
história de amor.



No mundo de hoje o amor entre os seres humanos já é algo discutido diariamente, onde ninguém respeita mais ninguém, quem dirá respeitar um animal.
Mas existem pessoas que amam os animais e lutam pelo direito deles , que cuidam quando envelhecem ou adoecem , são pessoas movidas pelo AMOR .
O amor pelos seres vivos , o amor incondicional ...
Que não impõe condições para amar , simplesmente amam ...
E quem ama cuida !!! 




Como já falava Chico Xavier:


"Nós seres humanos, estamos na
natureza para auxiliar o progresso
dos animais, na mesma proporção
que os anjos estão para nos auxiliar.
Portanto quem chuta ou maltrata um
animal é alguém que não aprendeu a
amar"

Abraço carinhoso e fraternal a você que AMA 
estes seres indefesos e, que compartilha 
deste pensamento ... 




GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER



quinta-feira, 11 de abril de 2013

HISTÓRIAS EMOCIONANTES DE ANIMAIS.


Um amor puro, que infelizmente é muito 
raro encontrar entre nós humanos.

Os chimpanzés tristes por causa de seu amigo morto.


Em um centro de resgate de chimpanzés em Camarões, um chimpanzé chamado Dorothy morreu de insuficiência cardíaca. O que aconteceu a seguir foi surpreendente: Os chimpanzés companheiros se abraçaram na solidariedade e solenemente observavam enquanto seu amigo era levado para o sepultamento.



O pastor alemão que se tornou o cão guia de um spaniel cego.


Quando Ellie, um spaniel cego, foi adotado por um abrigo, o gerente Jean Spencer nunca esperava que seu outro cão, Leo, iria optar por se tornar o cão-guia de Ellie. "Eu levo eles para passear no parque e Leo guia Ellie ao lado dela," diz Spencer. "Ele é tão protetor que deixa os cães mais barulhentos longe dela."


Cão faz guarda na frente do hospital onde seu dono morreu


Uma demonstração de fidelidade incrível ocorre na cidade de São Pedro do Sul onde um cão mora há quatro meses no pátio do hospital onde seu dono morreu. Uma enfermeira conta a história dizendo que uma ambulância foi socorrer um idoso que morava sozinho com seu cão, este seguiu o veiculo até o hospital e nunca mais deixou o local, para a funcionária do hospital o cão imagina que seu dono continua hospitalizado. Apesar de estar sendo alimentado, o animal anda muito triste e cabisbaixo. Parentes do falecido tentaram levá-lo embora, mas ele sempre foge e volta para o local.


Cão vai à missa todos os dias esperando encontrar sua dona que morreu



As pessoas que frequentam a igreja de Santa Maria Assunta em San Donaci, Itália, receberam uma lição de amor e lealdade de um cão nos últimos dois meses. Ciccio, um pastor alemão de 12 anos, cuja dona faleceu há dois meses, visita diariamente a igreja que ela frequentava e onde seu funeral foi celebrado, esperando pacientemente que ela volte.Maria Margherita Lochi, 57 anos, adotou Ciccio um ano atrás depois que ele foi encontrado abandonado em um terreno baldio perto de sua casa. Dona Maria ia todos os dias à missa na igreja local e o padre permitia a entrada de Ciccio que esperava pacientemente a seus pés. Ele também esteve lá com os entes queridos da Dona Maria em seu funeral. Mas agora Ciccio parece ter dificuldade para entender que ela não vai mais voltar e continua indo à missa todos os dias no mesmo horário, assim que ouve os sinos chamando os fiéis. Ciccio simplesmente se senta ao lado do altar, em silêncio, na esperança de ver Dona Maria chegar...
- "Ele está lá toda vez que eu celebro a missa e é muito bem comportado, não faz nenhum som, nenhum latido", diz o padre Donato Panna. "Ele vai a missa todos os dias, mesmo após o funeral da Dona Maria, ele espera pacientemente ao lado do altar e fica lá tranquilamente. Eu não tenho coração para expulsá-lo."
Todos em San Donaci ficaram tão impressionados com a fidelidade de Ciccio, que em conjunto decidiram adotá-lo e cuidar dele.



O papagaio com as últimos palavras comoventes.


Alex o papagaio cinza Africano foi capaz de contar e identificar as cores, e ele tinha uma bela relação com essa mulher da foto, Irene Pepperberg. Quando Alex morreu em 2007, suas últimas palavras para ela foram "Você é boa. Eu te amo."


Cão dorme ao lado do túmulo do dono há seis anos   


Esta é para quem duvida da fidelidade e do amor canino. Cápitan é um cachorro vira-lata que mora na cidade de Córdoba, na Argentina. Desde que seu dono Miguel morreu, em 2006, não houve uma noite sequer que o animal não tenha estado no cemitério para dormir junto à tumba de seu amado proprietário.
Sim, Cápitan tem casa. Ele foi um presente que Miguel deu a seu filho Dámian em 2005. Só que, desde a morte, o cão preferiu fazer companhia ao dono. E descobriu, inclusive, o caminho sozinho. “O cachorro sumiu. Achávamos que estava morto”, diz a viúva Verónica ao jornal local La Voz. “Até que um dia, quando fui com meu filho ao cemitério, o encontramos lá.”
“O cachorro apareceu um dia no cemitério e começou a dar voltas por todos os lados até que encontrou a tumba de seu dono”, conta o diretor Héctor Baccega à EFE. Cápitan até chega a ir para casa, mas volta sempre às 18h, pontualmente, para não deixar seu dono sozinho à noite.



As imagens falam por si ...



Oração dos Animais

Senhor!
Venho te pedir pelo ser humano!
Venho te pedir por aqueles que ainda não descobriram a nossa missão na Terra........
Venho te pedir por aqueles que nos maltratam, e que não sabem que estão jogando fora a oportunidade de exercitar conosco o carinho de que mais tarde irão precisar........
Venho te pedir por aqueles que nos abandonam nas ruas, em abrigos, em latas de lixo...
Eles não sabem que estão plantando a semente do amanhã, e que mais tarde também irão sofrer o abandono na mão dos filhos, e que também irão amargurar em asílos.....
Venho te pedir por aqueles que nos acorrentam, nos amarram, sem comida e sem água. Não sabem que um dia estarão sedentos de amor, de carinho.
Venho te pedir, Senhor, por todos nós, seres de 2 ou 4 patas, que habitam este espaço terrestre.
Peço Senhor, que os humanos, possam finalmente aprender a grande lição que tentamos incansavelmente ensinar a todos eles: a do amor incondicional.
O Amor verdadeiro.
Olhe por nós!

                                                    Amém




PESQUISADO NA NET

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER