Seguidores

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

PASSAGEIROS ...


Do tempo, da vida,
do tudo e do nada ...
Apenas passageiros.




São muitos acontecimentos da viagem ...
Que infelizmente muitos ficam parados em certos
trechos ...
Ao invés de seguir viagem.
Nesta viagem que é a vida, temos acontecimentos bons
e ruins, são tristezas e alegrias que fazem parte ...
E temos que viver cada um no seu momento, sacudir
a poeira e continuar.

SOMOS ... 
Passageiros do tempo
Passageiros da vida
Passageiros do tudo
Passageiros do nada
Apenas passageiros.

A viagem da vida que sempre nos leva para algum
lugar ...
O que nos aguarda, não sabemos.
Temos que continuar na viagem até chegarmos 
no ponto final.

O tempo passa ...
E volta não temos.
Temos que enfrentar nossas próprias fraquezas ...
Para não se tornar, passageiros do tempo.

Nuvens negras fazem parte da viagem, ela não
são constantes, mas, às vezes aparecem ...
E muitos se deixam levar, e não conseguem voltar.
E se tornam passageiros do nada.

E ASSIM É NOSSA VIAGEM ...
Sabendo viver e deixando a vida seguir seu curso.
Sendo passageiro do TUDO ...
Sabendo ser passageiro da VIDA ...
E não sendo meros PASSAGEIROS.


GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

A RECORDAÇÃO DE UMA DATA.


O tempo passa, os anos voam ... 
Naquela bendita data, os pensamentos voltam.


Incrível todo ano é assim, e acredito que vai  
ser sempre.
No final de setembro, me vem lembraças de 
acontecimentos distintos ...
Set/2007 = O acidente de carro com minha amiga 
Michelle, no qual a sua vida foi ceifada.
Set/2008 = Encontrei um anjo que iluminou a
minha vida.
Em 30/09/2007 a MORTE marcou a minha VIDA.
Em 28/09/2008 o AMOR marcou a minha VIDA.
Acontecimentos esses, que me fizeram enxergar a vida
de forma diferente, que nossos planos nem sempre são
como planejamos, e numa curva tudo pode ser mudado.
São os caminhos desta vida que não entendemos no 
momento. Mas, com o tempo percebemos que nada 
nesta vida é por acaso ...
E os anos vão passando, e as lembranças ficando.
Muitos dizem:
- Nossa, já faz tanto tempo, né.
Penso que não sei a dimensão do tempo ...
Não sinto que já tem tanto tempo ou não.
Minha vida mudou, eu mudei ...
Muito aprendi e cresci.


Lembrei-me então de um trecho de Saint-Exupéry: “Cada um que passa em 
nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única
e nenhuma substitui outra.
Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, mas não vai só
nem nos deixa a sós.
Leva um pouco de nós mesmos,
deixa um pouco de si mesmo.
Há os que levam muito,
mas há os que não levam nada.
Essa é a maior responsabilidade de nossa vida,
e a prova de que duas almas
não se encontram ao acaso”.


* UM acidente na BR 262 
UM ano depois ...
UM encontro casual*

Nada nesta vida é casual ... Tudo, acredito é
predeterminado.
Então, tudo aconteceu pois realmente tinha que 
acontecer ...
As lembranças, comigo vão ficar nesta viagem
da vida, que pode ser longa ou curta e nela
temos acontecimentos bons e ruins ...
São tristezas e alegrias que fazem parte.
E na viagem continuo até meu tempo acabar, 
que com certeza está PREDETERMINADO.

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

#UM PEQUENO DESABAFO#


Hoje acordei com sono, uma vontade enorme de voltar 
para a cama ... Fechar os os olhos e assim ficar.
Como uma planta que murchou.


É muito chato acordar assim, o dia passou por
mim, não passei por ele ...
Estava me sentindo um ser que não sabia o que 
estava fazendo nesta vida ...
Então, o mais fácil era fechar os olhos para ela.
Bom, o dia passou ...
Fechei realmente os olhos, dormi.
Agora a tarde, resolvi reagir ...
Como dizem, nunca é tarde.
De olhos fechados, nada vai ser 
resolvido ...
Que não só o dia vai passar por mim, a vida também.
Estou viva, precisando de certos cuidados meus ...
Estava me sentindo murcha, se não me cuidar, com 
certeza vou morrer, a pior morte ...
Viva e morta para a vida.
Sei que não posso me deixar levar, e não vou me 
deixar, isso tudo vai passar.


(Esta imagem acima, são rosas do deserto)

  

"E ASSIM VAMOS NESTA VIDA, UM DIA
NEM TÃO BEM, OUTRO TENTANDO 
ACERTAR ..."

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER




terça-feira, 17 de setembro de 2013

O BUQUÊ DA NOIVA.


Assim reza a lenda ... 
A moça que pegar o buquê, 
será a próxima NOIVA.



Então, chegou o tão esperado momento, a hora da noiva  
jogar o seu buquê ...
Algumas estavam afoitas, Lucila parecia uma goleira,
Oona estava na frente, achou a posição melhor, 
pois é baixa.
A noiva Rosangela se posicionou de costa para o 
grupo, a contagem começou, todas também 
posicionadas.
1, 2, 3, 4, ...
O buquê foi lançado, voou, voou ...



Lucila marcando no meio, Oona na ponta da frente ...
Mas, quem pegou foi Patricia que já é alta e estava 
de salto alto.
Oona não ficou satisfeita, reclamou da altura da 
concorrente. 
Lucila, como o buquê nem chegou perto,
falou que se tivesse chegado, não teria
para ninguém, tinha sim agarrado 
o buquê.
E o concorrido buquê ficou para 
Patricia alta de salto alto.




É uma situação que devo confessar, de competição ...
Umas acham engraçado, outras nem tanto.
Mas, outros casamentos virão e outros buquês seram 
arremessados ...
E lá todas vão estar, para pegar o buquê tão sonhado.

E VIVA O BUQUÊ ALCANÇADO.

( Fato que presenciei no casamento do meu sobrinho 
Guilherme e da Rosangela)

Giovana Cristina Schneider

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

GOTAS DE ÓLEO


Para uma boa reflexão ...



Num quarto modesto, o doente grave pedia silêncio.

Mas a velha porta rangia nas dobradiças cada vez que alguém a abria ou fechava.
O momento solicitava quietude, mas não era oportuno para a reparação adequada.
Com a passagem do médico, a porta rangia, nas idas e vindas do enfermeiro, no trânsito dos familiares e amigos, eis a porta a chiar, estridente.

Aquela circunstância trazia, ao enfermo e a todos que lhe prestavam assistência e carinho, verdadeira guerra de nervos.

Contudo, depois de várias horas de incômodo, chegou um vizinho e colocou algumas gotas de óleo lubrificante na antiga engrenagem e a porta silenciou, tranqüila e obediente.

A lição é singela, mas muito expressiva.

Em muitas ocasiões há tumulto dentro de nossos lares, no ambiente de trabalho, numa reunião qualquer.
São as dobradiças das relações fazendo barulho inconveniente.
São problemas complexos, conflitos, inquietações, abalos...

Entretanto, na maioria dos casos nós podemos apresentar a cooperação definitiva para a extinção das discórdias.

Basta que lembremos do recurso infalível de algumas :

GOTAS DE COMPREENSÃO e a situação muda.

GOTAS DE PERDÃO acabam de imediato com o chiado das discussões calorosas.

GOTAS DE PACIÊNCIA no momento oportuno podem evitar grandes dissabores.

GOTAS DE CARINHO, penetram as barreiras mais sólidas e produzem efeitos duradouros e salutares.

GOTAS DE SOLIDARIEDADE e FRATERNIDADE podem conter uma guerra de muitos anos.

- É com algumas :

GOTAS DE AMOR que as mães dedicadas abrem as portas mais emperradas dos corações confiados à sua guarda.

- São as

GOTAS DE PURO AFETO que penetram e dulcificam as almas ressecadas de esposas e esposos, ajudando na manutenção da convivência duradoura.

- Nas relações de amizade, por vezes, algumas:

GOTAS DE AFEIÇÃO são suficientes para lubrificar as engrenagens e evitar os ruídos estridentes da discórdia e da intolerância.

Dessa forma, quando perceber que as dobradiças das relações estão fazendo barulho inconveniente, não espere que o vizinho venha solucionar o problema.

Lembre-se que você poderá silenciar qualquer discórdia lançando mão do óleo lubrificante do amor, útil em qualquer circunstância, e sem contra indicação.

Não é preciso grandes virtudes para lograr êxito nessa empreitada.

Basta agir com sabedoria e bom senso.

Às vezes, são necessárias apenas algumas:

GOTAS DE SILÊNCIO para conter o ruído desagradável de uma discussão infeliz.

E se você é daqueles que pensa que os pequenos gestos nada significam, lembre-se de que as grandes montanhas são constituídas de pequenos grãos de areia.

(Desconheço a autoria)

ABRAÇO CARINHOSO E FRATERNAL MEUS QUERIDOS ...

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER


sábado, 14 de setembro de 2013

HOMENAGEM ...





sexta-feira, 13 de setembro de 2013

REGISTROS ALEATÓRIOS.


MEUS ...



1-NATUREZA 
 Um lindo azul ...
Um lindo verde ...
E a certeza que essas cores na natureza ...
Nos mostram as maravilhas da vida ...
Então, sorria por poder apreciar e vivenciar.
( UMA HOMENAGEM A MARECHAL FLORIANO/ES.)


2- VIVER
Viva e, seja um ser vivente ...
Sempre nesta vida.
Os caminhos muitas vezes são tortuosos ...
São subidas, descidas e curvas ...
Mas, que são para o nosso aprendizado nesta vida.
Viva ...
E continue a sua caminhada.
Seja sempre um ser vivente ...
Que por muitos caminhos se passa e continua sempre.
É o caminho de cada um ...
Aprendendo e continuando.
Muitas vezes pensando em desistir ...
E a vida te impulsionando a continuar.
Então continue ...
Que um dia você vai chegar ...
E, talvez até não acreditar que o que tanto almejava ...
Estava lá.


3 - DIA
 Tem dia que você inspira leveza, em outros tristeza ...
Se sente só, pois está só mesmo ...
Depois, tudo passa e vem a harmonia ...
A harmonia com você mesma.


4 - MOMENTO
 Muitas vezes, falamos sem pensar ...
Mas, acredito que aquelas palavras estavam ali, querendo
se libertar.


5 - VIDA
 Então, um dia tudo acaba ...
A frágil vida se esvai, e não faremos mais parte deste plano ...
Ela vem sorrateira, não dando tempo para despedidas ...
A sensação sempre ficará, infelizmente, a que mesmo se pudéssemos ...
Não queríamos dar este adeus.


6 - CAMINHOS 
 Caminhos existem ...
A escolha é nossa se continuamos no mesmo ou mudamos.


7 - LEMBRANÇAS
Que corrói neste momento ...
Lembranças boas, lembranças nem tão boas assim.
O que sinto ...
Neste momento a alma chora, e acabo chorando com ela também.
Tem dia que acordamos assim ...
Querendo voltar no tempo.
Triste com certos acontecimentos ...
Querendo que fosse diferente.
A vida está mostrando que nem tudo nela é alegre ...
As lembranças do ontem ...
A tristeza do hoje ...
Pode se transformar na alegria do amanhã.
É a sabedoria da vida ...
Basta a nós, o dicernimento.


8 - REAL 
 Fatos que pensamos que só acontecem em filme pastelão ...
Quando menos esperamos lá estamos, fazendo parte 
como figurante.


9 - SEMPRE
 Assim como o coração cresce e encolhe para continuar batendo,
o caminho muitas vezes nega-se a si mesmo ...
Para nos estimular a descobrir o que existe além da próxima 
curva.


10 - MUDANÇA
As mudanças tem seu preço ...
E ai está o diferencial.


11 - NESTA VIDA
 ... E assim vou todos os dias tentando acertar ...
Mesmo que nem sempre consigo, continuo tentando fazer o 
melhor ...
Comigo mesma e, com os meus semelhantes.


12 - MUNDANÇAS II
 Mudança é bom, e quando o aprendizado vem junto,
somos abençoados ...
Que assim seja.


13 - TRAVESSIA
... E continue atravessando a sua ponte, viva o que você tem que viver,
ajude e continue ...
Mas, não pegue sentimentos que não te pertence, cada um tem 
o seu ciclo para completar.


14 - VIAGEM 
 E assim é a nossa viagem ...
Sabendo viver, deixando a vida seguir seu curso.
Sendo passageiros do tudo ...
Sabendo ser passageiros da vida ...
E não sendo meros passageiros.


15 - SENTIDOS
 Temos que sermos gratos a cada dia ...
A cada segundo vivido.
Pois, participamos do maior espetáculo dela, todos os dias ...
O amanhecer 
O entardecer 
O anoitecer
A vida nos dá oportunidades, que infelizmente muitas vezes no 
nosso egoísmo humano, não enxergamos ...
A sua beleza.
A beleza de viver, ver, sentir e ouvir a grandeza deste lindo espetáculo, 
que se chama vida ...
Temos os nossos cinco sentidos, fomos presenteados com visão, audição,
paladar, tato e olfato.
Somos abençoados ...
E mesmo assim não ficamos satisfeitos, infelizmente. Estes sentidos que 
nos proporcionam o relacionamento com o ambiente vivido ...
Então, dê mais sentido a vida.
Ela precisa destes sentidos, para continuar 
a fazer sentido.


16 - BUSCA
 Façamos da vida  uma busca, de um lindo 
arco-íris.


17 - ORAÇÃO
 Faça da oração ...
Uma boa alimentação do seu dia a dia.


18 - LUZ
 O sol quer brilhar ...
A vida quer entrar, basta um gesto ...
Ela virá e mostrará, por pior que tudo esteja ...
A escuridão não permanecerá para sempre.


19 - NATAL 
 Enquanto houver um sorriso de simpátia, uma palavra 
de carinho, um gesto de amor ...
Sempre existirá natal.


20 - CRIANÇA
 Ser criança ...
É sonhar ...
É brincar ...
É o mundo querer abraçar ...
É sempre ter a esperança no olhar ...
E ninguém neste mundo tem o direito de apagar. 



21 - ENTÃO
 Nesta vida tudo é aprendizado ...
Então, aprenda.



22 - HORIZONTE
 Como é maravilhoso admirar.
Olhar o horizonte ...
Isso me faz sonhar e também acreditar, que lá vamos chegar.
Horizonte ...
É a vida que nos motiva continuar.
O horizonte nos ensina a enxergar a vida ...
A beleza, o infinito que nela há ...
O espetáculo que só o horizonte pode nos dá.
Horizonte ...
Tão longe e, ao mesmo tempo ...
Tão perto do nosso olhar.


23 - PRESENTE 
Presente, uma palavra e a sua definição.
Seja mais presente ...
Dê menos presente ...
E viva o seu, o nosso presente.
Que assim seja o presente ...
A vida é um presente.
O seu caminho é um presente ...
Seja o presente ...
Sempre presente.



24 - PAZ 
VENTO DA PAZ 
 Como é bom sentir o vento, a sensação é de paz ...
Andar sentindo o vento no rosto.
Andar sem rumo ...
Em busca da paz ...
Paz ...
Paz que me faz sonhar
Paz que me amar
Paz que me faz não odiar.
Necessitamos da paz como alimento, alimento para uma vida 
melhor ...
Porquê sem ela ...
Não há amor
Não há brilho
Não há vida.
Paz ... Paz ...
Como é bom ter,
Como é triste não conhecer.
Paz ...
Talvez um dia !



25 - AMOR
PARA O AMOR
 Esta é uma declaração de amor ao amor ...
Amar não é fácil, não é maleável.
Às vezes reage diante de um pensamento mais complicado ...
O amor é um desafio para quem quer manjá-lo.
Às vezes assusta com o imprevisível ...
Ele é imprevisível.
Eu queria poder guiá-lo conforme a minha vontade, mas a ordem 
é de sermos guiados por ele.
Eu queria que o amor  chegasse ao máximo nas minhas mãos, e este 
desejo todos os que o conhecem tem ...
Msa, a sua tendência é de nos ter nas mãos, nos encantar, dar vida a vida.
O encantamento de lidar com o amor está no mistério.
Se eu fosse ausente de sentimentos, e me perguntassem se gostaria de conhecer
o amor ...
Diria não, pois já estou acostumada com o meu mundo.
Msa, como não nasci ausente de sentimentos, tornou-se absolutamente claro,
que mesmo com todo o seu mistério ...
Sem amor não há vida.
Eu amo o amor ...
Virgem e límpido!



26 - MORTE 
Quero te ver ...
Não posso.
Tenho saudades ...
Quero conversar, te ver sorrir ...
O que fazer.
Não estás aqui para escutar ...
Cadê ...
Aonde estás.
Será que podes me ouvir ...
Te procurei,
Não te encontrei.
Vou lá ...
Também não estás.
A morte te levou.
Agora o que me resta ...
É aceitar.
( PARA O MEU PAI QUE FALECEU EM 2000)



27 - VIVER II
 Viver é bom ...
Viver intensamente,
A cada segundo ...
A cada minuto ...
Todo momento ...
Como se fosse uma eternidade.
Viver o máximo ...
Sempre.
Tudo na vida passa ...
E aquele momento vivido,
Acaba se resumindo apenas naquele momento ...
Talvez o momento que demoramos para nascer,
Crescer,
Viver e ser feliz !

28 - FOME
Lágrimas, não às tenho mais ...
Vida ... Bendita vida.
Frustrações são tantas ...
Sonhos, já não os tenho.
Esperança ...
Onde estás.
Sinto um vázio ...
É fome.
Fome de amor !


29 - PRECONCEITO
Preconceito, muitos o tem ...
Mas, só que também tem preconceito.
De admitir o preconceito.


30 - MORTE II
Irmão
Tento não lembrar ...
Mas, sou traída por meus pensamentos.
Tudo volta ...
Cada detalhe ...
Gestos ...
Lágrimas me vem neste momento.
A angústia me corrói ...
A saudade dói.
É uma sensação estranha ...
Jamais sentida antes.
Mas, lembro-me do teu semblante sereno ...
Parecia até que estava sorrindo.
Quem sabe, estava mesmo ...
Acredito que você encontrou a felicidade eterna.
Tão almejada em vida ...
Ela estava na morte.
( PARA O MEU IRMÃO ASSASSINADO EM 1999, COM REQUINTES 
DE CRUELDADE.)



31 - MESA DE BAR
É lugar para tudo que é papo da vida rolar ...
São muitas histórias.
Encontros que marcaram vidas ...
Poemas
Poesias
E composições ...
Isto e muito mais.

Na mesa de bar ...
Rabiscos que viraram telas.
Letras que viraram canções ...
Amores que se eyernizaram.

Na mesa de bar ...
Conversas de amores não correspondidos.
Traumas não superados ...
Risos e choros que faz a alma acalmar.

Na mesa de bar ...
História passadas.
Histórias vividas.
Histórias eternizadas nesta vida..

Na mesa de bar ...
Entre bebidas e conversas, de tudo um pouco
vamos encontrar.
Psicólogos é que não pode faltar ...
Poetas 
Filósofos
Pintores e escritores, sempre la vão estar ...
Na mesa de bar.
( HOMENAGEM AO BAR AMÉRICA DE MARECHAL FLORIANO,
DESDE 1956.)



32 - VIVER III
 Viver com medo é viver pela metade.
É preciso tirar os requícios do passado ...
E viver o presente sem ter medo do futuro.
E assim vamos compondo nossa história nesta vida ...
Da melhor forma possível, sem medo de ser feliz.



33 - AMOR II
 E as mãos continuam se entrelaçando na 
maturidade ...
O amor não tem idade ...
Ele tem cumplicidade.



34 - PLANOS
 Os nossos planos nem sempre são como plenejamos ...
E numa curva tudo pode ser mudado.
São os caminhos desta vida ...
Que a minha vida mudou, e a morte te levou.
( PARA MICHELE)



35 - DESAFIOS DO DIA A DIA 
(Do Amanhecer ao Anoitecer)

 Todo amanhecer é um desafio ...
é
Todo anoitecer é uma vitória.

O desafio de começar e a vitória de ultrapassar mais um dia.
O adormecer ...
É uma pausa da vida.

E assim nos caminhos da vida ...
Com seus altos e baixos, curvas e retas ...
Vamos caminhando para o nosso crescimento.
Fazendo sempre melhor que ontem ...
Plantando, colhedo e sempre oferecendo ...
AMOR
AMIZADE 
E BONDADE
Os "desafios" desta vida, se resume em alcançar sabedoria,
para viver em harmonia.




( UM DIA PRETENDO LANÇAR ESTES REGISTROS EM UM 
LIVRO)

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

A VIDA NÃO FOI MINHA AMIGA. ( FINAL )


Continuação ...

Ela estava pronta para viver a vida.


Resolveu sair para saber o que tinha acontecido 
com seu marido ...
Ficou sabendo que o mesmo tinha outra família, e que 
tinha ido embora sem deixar endereço. Bom, voltou 
para casa sabendo que agora D. Valentina, era de sua 
total responsábilidade, e gostou disso.
Viu que tinha muitas coisas para fazer, afinal estava viva
para a vida.
Sabia que não seria fácil, muito aprendera nesta vida que
pensava que não tinha vida, as respostas estavam com ela 
mesma, sempre ...
Estava se sentindo leve, disposta a viver tudo que até não
se permitira. Tinha a D. Valentina e o seu amiguinho 
Milk, para lhe dar força e coragem ...

A VIDA QUE UM DIA ELA PENSOU QUE NÃO 
ERA SUA AMIGA, FOI A MELHOR QUE ALGUÉM
PODERIA TER, LHE MOSTROU, ENSINOU E 
AGORA ERA COM ELA.

FIM

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER


segunda-feira, 9 de setembro de 2013

A VIDA NÃO FOI MINHA AMIGA. ( 6ª PARTE )


Continuação ...


Ela estava sentindo que a vida, tinha vida ...
E que poderia sim, ser sua amiga.



Os dias escuros estavam ficando para trás, o colorido 
da vida estava agora, sempre presente.
Ela começou a pensar ...
Era o amor, que estava invadindo o seu ser, realmente
nunca tinha pensado no amor ou seguer sentido.
O amor pela vida, o amor por ela mesma ...
O seu semblante também estava diferente, via agora 
na D. Valentina, que esta senhora precisava de amor 
para viver.
E sentia que o amor que não conhecia, sempre esteve 
ali, bastava somente ela olhar a beleza da vida ...
Que a vida tinha vida e, que o amor era sua companhia.
O marido não mais retornou, precisava saber o 
que tinha acontecido ...
Precisava reagir também para a vida, mostrar que 
estava viva.
E isso ela sabia, dependimente dela.

( Fim da 6ª Parte )

Continua ...

domingo, 8 de setembro de 2013

UMA LIÇÃO PARA A VIDA TODA ...



Relato de uma amiga.



"... Ela tinha 16 anos e começou no seu primeiro emprego,
quando recebeu o salário ( nunca tinha visto tanto dinheiro).
Chegou em casa alegre e falou com o pai:
- Pai, o senhor quer um pouco do dinheiro ? Preciso ajudar
em que ? Pagar luz ou água ?
O pai respondeu:
- Você não precisa ajudar em nada, eu pago as contas 
desta casa, o dinheiro é seu, abra uma caderneta de poupança
para você. E lembre-se sempre de uma coisa, nunca gaste 
mais do que ganha, e se alguém vir aqui em casa te cobrar,
por atraso de alguma coisa que comprou e não pagou ...
EU TE DOU UMA SURRA, TÁ."
Ela ficou até assustada, pediu ao pai para ir junto abrir 
a caderneta de poupaça, pois tinha vergonha de ir sozinha.
As palavras do pai ficaram com ela, UMA LIÇÃO QUE 
JAMAIS ESQUECEU. Hoje tem orgulho de nunca ter sido
cobrada, sempre manteve em dia os seus compromissos.

O QUE PENSEI ...
Minha amiga soube aproveitar as palavras do seu pai, para 
o bem próprio, que imagino era o que seu pai queria.
Infelizmente, alguns pensariam ao contrário e ao invés de 
pegar as palavras como uma lição, iriam ficar com "trauma",
pois o pai foi "rude".
Nesta vida precisamos analisar certas atitudes e, não 
achar que somos vítimas da situação.

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER