Seguidores

sábado, 30 de março de 2013

PÁSCOA.



CURIOSIDADES SOBRE A PÁSCOA ...






A DATA DA PÁSCOA 

A fixação das festas móveis decorre do cálculo que estabelece o Domingo da Páscoa de cada ano, assim: A Páscoa deve ser celebrada no primeiro domingo após a primeira lua cheia que segue o Equinócio da Primavera, no Hemisfério Norte (21 de março). Se esse dia ocorrer depois do dia 21 de abril, a Páscoa será celebrada no domingo anterior. Se, porém, a lua cheia acontecer no dia 21 de março, sendo domingo, será celebrada dia 25 de abril. A Páscoa não acontecerá nem antes de 22 de março, nem depois de 25 de abril.

SÍMBOLOS DA PÁSCOA 

CORDEIRO 


O cordeiro que os israelitas sacrificavam no templo no primeiro dia da páscoa como memorial 
da libertação do Egito, na qual o sangue do cordeiro foi o sinal que livrou os seus 
primogênitos.
Este cordeiro era degolado no templo.

Os sacerdotes derramavam seu sangue junto ao altar e a carne era comida na ceia pascal. 
Aquele cordeiro prefigurava a Cristo, ao qual Paulo chama "nossa páscoa" (Cor 5, 7).
João Batista, quando está junto ao rio Jordão em companhia de alguns discípulos e vê Jesus passando, aponta-o em dois dias consecutivos dizendo: "Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado 
do mundo" (Jô 1, 29 e 36).Isaías o tinha visto também como cordeiro sacrificado por nossos 
pecados (Cf. Is 53, 7-12).
Também o Apocalipse apresenta Cristo como cordeiro sacrificado, agora vivo e glorioso no céu. 
(Cf. AP 5,6.12; 13, 8).



OVO



O costume e tradição dos ovos estão associados com a Páscoa há séculos. Símbolo da fertilidade e nova vida.
A existência da vida está intimamente ligada ao ovo, que simboliza o nascimento. O sepulcro de Jesus ocultava uma vida nova que irrompeu na noite pascal.
Ofertar ovos significa desejar que a vida se renove em nós.


COELHO


Por serem animais capazes de gerar grandes ninhadas e reproduzirem-se várias vezes ao ano, 
sua imagem simboliza a capacidade da Igreja de produzir novos discípulos de Jesus, 
Filho de Deus.


PÃO E VINHO


Na ceia do senhor, Jesus escolheu o pão e o vinho para dar vazão ao seu amor.
Representando o seu corpo e sangue, eles são dados aos seus discípulos para 
celebrar a vida eterna.


CRUZ 



A cruz mistifica todo o significado da Páscoa na ressurreição e também no sofrimento de Cristo.
No Conselho de Nicea em 325 d.c., Constantino decretou a cruz como símbolo oficial do cristianismo.
Então não somente um símbolo da Páscoa, mas símbolo primordial da fé católica.


CÍRIO PASCAL




É uma grande vela que é acesa no fogo novo, no Sábado Santo, logo no início da celebração da Vigília Pascal. Assim como o fogo destrói as trevas, a luz que é Jesus Cristo afugenta toda atreva do erro, da morte, do pecado. É o símbolo de Jesus ressuscitado, a luz dos Povos.
Após a bênção do fogo acende-se, nele, o Círio. Faz-se a inscrição dos algarismos do ano em curso; depois crava-se neste, cinco grãos de incenso que lembram as cinco chagas de Jesus e as letras "alfa" e "Omega", primeira e última letra do alfabeto grego, que significa o princípio e o fim de todas as coisas.



A palavra PÁSCOA vem do hebreu
PESSACH  e significa PASSAGEM ...

 A Páscoa que eles comemoram é a passagem do mar Vermelho, que ocorreu muitos anos antes de Cristo, quando Moisés conduziu o povo hebreu para fora do Egito, onde era escravo. Chegando às margens do Mar Vermelho, os judeus, perseguidos pelos exércitos do faraó teriam de atravessá-lo às pressas. Guiado por Deus, Moisés levantou seu bastão e as ondas se abriram, formando duas paredes de água, que ladeavam um corredor enxuto, por onde o povo passou.
Jesus também festejava a Páscoa. Foi o que Ele fez ao cear com seus discípulos. Condenado à morte na cruz e sepultado, ressuscitou três dias após, num domingo, logo depois da Páscoa judaica. A ressurreição de Jesus Cristo é o ponto central e mais importante da fé cristã.
Através da sua ressurreição, Jesus prova que a morte não é o fim e que Ele é, verdadeiramente, o Filho de Deus. O temor dos discípulos em razão da morte de Jesus na Sexta-Feira transforma-se em esperança e júbilo. 
É a partir deste momento que eles adquirem força para continuar anunciando a mensagem do Senhor. São celebradas missas festivas durante todo o domingo.




quinta-feira, 28 de março de 2013

TORTA CAPIXABA ...




Índios criaram e portugueses incrementaram.





Chega a Semana Santa e em todo Brasil é a mesma coisa, cerimônias religiosas recordam a morte e ressurreição de Jesus Cristo, as famílias programam o que fazer no feriado e os “chocólatras” chegam ao paraíso com tanta variedade a disposição. Mas existe uma tradição nesta data cristã que é exclusivo do Espírito Santo. A Torta Capixaba. Pois saiba que experimentá-la é literalmente devorar a história. 

A Torta Capixaba é um prato tão presente na história do nosso Estado que até Pero Vaz de Caminha comentou nas cartas sobre o hábito dos índios de comerem uma mistura de frutos do mar com palmito. Segundo o historiador Adilson Vilaça, a mistura indígena não era a torta como conhecemos agora, mas com certeza foi o que podemos chamar de “tataravô” da atual. 


É somente por volta do século IX que a torta como conhecemos começa a tomar forma. Os portugueses já tinham o hábito de comer frutos do mar e com a forte influência que a igreja católica possuía sobre o povo lusitano, o hábito de não comer carne na Semana Santa era seguido à risca. Foi nessa época que os portugueses tiveram a ideia de acrescentar o marisco e o bacalhau à mistura feita pelos índios. Nascia a Torta Capixaba.

E como filha da terra, a torta permaneceu no Estado e se tornou, junto com a moqueca, um dos pratos típicos mais famosos do Estado.  Como a cultura de saborear tortas não é algo natural ao cotidiano do brasileiro, a Torta Capixaba é uma das únicas tortas com características brasileiras no país. Ela representa a junção dos colonizadores portugueses com os brasileiros.

FONTE = NET

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

quarta-feira, 27 de março de 2013

CURIOSIDADES.







Se todos os cachorros quentes consumidos pelos americanos em 1 ano fosse enfileirados, poderia ser feita uma "ponte" que daria duas vezes a distância da Terra até a Lua.

O Sol libera mais energia em um segundo do que tudo que a humanidade já consumiu em toda a sua existência.

Quando for ao Mc Donalds, preste atenção na maneira com que os empregados colocam a comida na bandeija: o "M" estará sempre virado para o seu lado.

Os ratos não vomitam.

Napoleão Bonaparte calculou que as pedras usadas para a construção das pirâmides do Egito seriam suficientes para construir um enorme muro ao redor da França.

"J" é a única letra que não aparece na tabela periódica.

A ovelha Dolly tem esse nome porque ela foi criada a partir de uma célula da glândula mamária da mãe, e em homenagem aos grandes seios de Dolly Parton.

A maneira mais fácil de diferenciar um animal carnívoro de um herbívoro é olhando nos seus olhos. Os carnívoros (cachorros, leões) possuem os olhos na parte da frente da cabeça, o que facilita a localização do alimento. Já os herbívoros (aves, coelhos) possuem os olhos do lado da cabeça para perceber a aproximação de um possível predador.

Nesse exato momento há mais de 100.000.000 microorganismos se alimentando, se reproduzindo, nadando e depositando detritos na área em volta dos seus lábios.

Para algumas pessoas, comer espargos deixa a urina com um cheiro diferente.

Você pisca os olhos aproximadamente 25 mil vezes por dia.

Os CDs foram concebidos para comportar 72 minutos de música porque essa é a duração da Nona Sinfonia de Bethoven.

Está provado que o cigarro é a maior fonte de pesquisas e estatísticas.

Os relâmpagos matam mais do que vulcões, furacões e terramotos.

Se teclar Ctrl+Shift+seta em cima de um texto, o cursor selecionará palavra por palavra.

Os chipanzés são os únicos animais capazes de se reconhecer á frente de um espelho.

O material mais resistente criado pela natureza é a teia de aranha.

O nome HAL, do computador do filme "2001, uma odisséia no espaço" não foi escolhido à toa. Ele é formado pelas letras imediatamente anteriores às que formam a palavra IBM.

O forno de microondas surgiu quando um pesquisador que estudava as microondas percebeu que elas haviam derretido o chocolate que estava no seu bolso.

Na França é proibida a venda de bonecos que não tenham rostos humanos, como ETs.

As moscas domésticas vivem apenas 2 semanas.

Os astronautas não podem comer feijão antes das viagens, pois os gases podem danificar as roupas espaciais.

Meninos com nomes estranhos geralmente tem mais problemas mentais que as meninas.

Os russos atendem ao telefone dizendo "Estou ouvindo"

Até 1967 o uso do LSD era permitido na California.

15% das mulheres americanas mandam flores para si mesmas no dia dos namorados.

Antes da Segunda Guerra, a lista telefônica de Nova Yorque tinha 22 Hitlers. Depois dela, não tinha mais nenhum.

O nome científico do gorila é "Gorilla, gorilla, gorilla".

O livro mais vendido no mundo é a Bíblia.

7% dos americanos acredita que Elvis está vivo. 25% dos americanos acha que Sherlock Holmes existiu. 25% também acreditam em fantasmas, e 10% dizem ter visto um.

Graham Bell atendia o telefone dizendo "Ahoy"

As mulheres compram mais roupas masculinas que os homens.

A Barbie já vendeu mais carros que a General Motors. Ela é também a boneca mais bem sucedida da história dos brinquedos. Alguns colecionadores possuem até 7000 bonecas.

Se as doenças do coração, o cancro e as diabetes fossem erradicados, a expectativa de vida do homem seria 99,2 anos.

Shigechio Isumi, um pescador japonês viveu 121 anos.

As palavras cruzadas surgiram em 10 de abril de 1924.

Shaquile Oneil usa um par de tênis por partida.

Uma mulher chamada Mum-Zi já era avó com 17 anos. Ela teve a sua filha com 8 anos e 4 meses, e sua filha também se tornou mãe com 8 anos!

A filha de Shakespear era analfabeta.

Antes de 1800, os sapatos para os pés direito e esquerdo eram iguais.

Americanos consomem 16.000 toneladas de aspirinas por ano.

Uma pulga fêmea consome por dia 15 vezes o próprio peso em sangue!

Há mais de 2400 espécias de pulgas conhecidas.

Quando as cobras nascem com duas cabeças, as cabeças brigam entre si por comida.

Einstein nunca foi um bom aluno, e nem sequer falava direito aos 9 anos. Os seus pais achavam que ele era retardado.

O Oceano Atlântico é mais salgado que o Pacífico.

O elefante é o único animal com quatro joelhos.

Um bilhão de segundos equivale a 31,7 anos.

O nome original de Luke Skywalker era Luke Starkiller.

Willard Scott foi o primeiro Ronald Mc Donald.

16% das mulheres nascem loiras. 33% das mulheres são loiras.

A população mundial deve duplicar em 2050.

10.000 produtos químicos são criados por dia.

Uma gota de óleo torna 25 litros de água imprópria para o consumo.

É possível ver 500.000 crateras na Lua olhando-se da Terra.

A cada ano, 98% dos átomos do seu corpo são substituídos.

98% dos japoneses são cremados.

Uma asa de mosquito move-se 1000 vezes por segundo.

As ovelhas não bebem água corrente.

Antes da Segunda Guerra os negros não eram aceites no Exército Americano.

Um coelho pode ver atrás de si mesmo sem mexer o pescoço, graças aos seus olhos que ficam de lado na cabeça.

As únicas pedras da Antártida são fragmentos de meteoritos.

O crânio tem 29 ossos.

A Microsoft gasta mais tempo a atender chamadas de usuários com problemas do que a produzir os seus programas.

Uma pessoa morre de cancro por hora.

Os americanos gastam mais com comida de cães do que com comida de bebe.

Os koalas não bebem água, eles absorvem os líquidos das folhas de eucalipto.

O seu cabelo cresce mais rápido à noite, e perde em média 100 cabelos por dia.

Os astronautas são mais altos no espaço que na Terra, devido à ausência de gravidade.

Os olhos de um hamster podem cair se o pendurar de cabeça pra baixo.

Rir durante o dia faz com que durma melhor à noite.

O Incrível Hulk era originalmente cinza.

A palavra "VIP" significa "Very Important Person"

Sabia que um copo de água quente congela primeiro que um de água fria!

Se o porta-aviões Enterprise não fosse movido a energia nuclear e sim a diesel, gastaria 18 litros para se mover 1cm.

Os Pombos possuem um cristal no seu cerebro.

Uma abelha pode chegar à 60 km/h.

Após a morte, os cabelos e unhas de uma pessoa continuam a crescer.

terça-feira, 26 de março de 2013

SEMANA SANTA ...



E O SEU SIGNIFICADO ???


A primeira Semana Santa, pelo plano de Deus, foi a semana mais importante da vida de Jesus Cristo. Esta nossa semana santa, da mesma forma, deverá ser a semana mais importante da vida de cada um de nós. Deve ser uma semana de oração e reflexão, da compreensão dos eventos da paixão de Jesus Cristo, do conhecimento da mensagem de Deus para seu povo.





Introdução:
Local: toda a paixão de Cristo ocorre em Jerusalém e seus arredores;
Época: provavelmente no ano 30 d.C., durante a semana da páscoa dos judeus, entre o 9º e o 16º do mês judaico de Nisã (março/abril). Jerusalém lotada de peregrinos;
Condições políticas: a nação judaica estava sujeita a Roma. Seu governador era Pôncio Pilatos; os judeus eram legislados pelo sumo-sacerdote Caifás e pelo conselho dos 70 anciãos. Na Galiléia, região do norte da palestina, Herodes era o rei;
Acontecimentos recentes: Jesus de Nazaré, que por três anos pregou o Reino de Deus, operou milagres, e finalmente tinha sido proclamado o Filho de Deus, crescia em popularidade de tal forma que os sacerdotes judaicos viram nele séria ameaça a sua autoridade sobre o povo. A recente ressurreição de Lázaro fez com que muitas pessoas acreditassem em Jesus.

Os líderes judaicos haviam planejado matar Lázaro e Jesus por incitar motins, e então acabar com a revolta que pudesse estar surgindo.
Entretanto, como nação sujeita, subjugada, não poderiam condenar ninguém à morte. Apenas o imperador romano possuía tal autoridade. Agora, com a páscoa dos judeus, havia uma deixa. Sob estas circunstâncias começa a Semana Santa…

O Domingo de Ramos
Tanto Jesus como a população conheciam a oposição das autoridades, mas decidiu não se esconder. Na páscoa, no domingo pela manhã, quando os peregrinos estavam viajando para Jerusalém, Nosso Senhor saiu de Bethânia para Jerusalém, pela estrada principal. Ele enviou os discípulos para buscarem um jumento, como que preparando uma celebração. Os seus seguidores entusiasmados mobilizaram uma procissão triunfal, e triunfante Nosso Senhor entrou na cidade Santa. Esta entrada triunfal foi o grande momento pelo qual Nosso Senhor pôde proclamar o seu reino messiânico. Uma grande excitação prevaleceu na cidade sobre esta chegada. Em direção ao fim do dia, ele pregou a sua morte como sendo “levado da terra”, e disse às pessoas: “Ainda um pouco a luz está entre vocês. Andem enquanto ainda possuem a luz, pois a escuridão não os alcançará”. Este era o crepúsculo da luz do mundo. Ao anoitecer Nosso Senhor retornou com seus discípulos para Bethânia.

Segunda-Feira Santa
Os eventos dos próximos 3 ou 4 dias não estão claramente divididos nos evangelhos, mas o caminho é demonstrado pelas ações de Nosso Senhor na segunda-feira. Sua atividade neste período foi intensa. Não nos foi relatado todas as ações. Ele era protegido pelo povo nas suas disputas com as autoridades. Nosso Senhor viria a Jerusalém pela manhã, ficaria três dias ali, ensinando e discursando no Templo, à noite sairia da cidade, e se retiraria ao monte das Oliveiras (onde estavam Bethânia e Getsêmani). Vindo cedo à Jerusalém, Nosso Senhor encontrou uma figueira que tinha folhas mas não frutos – um símbolo do judaísmo, cuja religião possui muitas folhagens e práticas, mas sem espírito interior e sem frutos.

Terça-Feira Santa
Um dia de grandes disputas públicas com escribas e anciãos. Eles desafiaram a autoridade do Senhor. Ele contou a parábola dos vinhateiros, respondeu à questão sobre o tributo a César, ao caso apresentado pelos fariseus da mulher com seus sete esposos e a ressurreição, falou sobre o maior mandamento, questionou-os sobre “o filho de Davi”. Ele concluiu os debates com uma denúncia aos fariseus e com os “sete ais”, expressando uma angustiante lamentação sobre Jerusalém. Saindo da cidade, se aproximando do monte das Oliveiras, tristemente previu que lá não sobraria “pedra sobre pedra”. Questionado sobre o destino de Jerusalém e do mundo, falou seu discurso escatológico e contou a parábola das virgens para alertar sobre a vigilância.

Quarta-Feira Santa
O mesmo calendário foi seguido. O sumo-sacerdote encontrava-se preocupado. As autoridades judaicas queriam eliminar Jesus. Deveriam agir antes que ele saísse da cidade e antes da festa da páscoa. Deveriam agir o mais rápido possível. Em seu encontro, uma ajuda veio de uma fonte inesperada – Judas. Por trinta moedas de prata, aceitou trair Jesus. Ficaram muito satisfeitos, seria muito mais fácil prender Jesus agora de forma mais rápida.

Quinta-Feira Santa
Dia de preparação para a páscoa dos judeus. Jesus foi à Bethânia para a ceia da páscoa. Ao anoitecer se encontraram para a celebração, e Jesus lavou os pés dos discípulos. Próximo do fim da ceia, Judas, o traidor, se retirou. Nosso Senhor instituiu o Santo Sacrifício como sua eterna memória. Falou sobre as negações de Pedro, e em seu último discurso, os encorajou a amarem-se uns aos outros. Indo ao Getsêmani, tomou consigo três discípulos, e começou a sua agonia nos jardins.

Sexta-Feira da Paixão
Passava da meia-noite quando Nosso Senhor acordou novamente os três apóstolos. Judas e os soldados se aproximavam para prender Jesus. “A hora da escuridão”. Por volta de 2 horas da madrugada foi levado à casa de Anás (sogro de Caifás), para uma investigação preliminar. Logo após foi levado ao sumo-sacerdote Caifás que, junto a membros do Conselho (Sanhedrin), fizeram interrogações antes do julgamento que estaria por vir. Por volta de 5 da manhã todo o Conselho se encontrara em seção extraordinária. Lá havia muitas testemunhas falsas e contraditórias. O sumo-sacerdote então perguntou a Jesus se ele era o Messias, o Filho de Deus. Quando Nosso Senhor respondeu afirmativamente e previu que todos o viriam voltar no julgamento, todos gritaram que isto era uma blasfêmia e que por isso merecia a morte. Findou então o julgamento religioso. Durante e entre estas audiências, Nosso Senhor foi insultado pelos guardas, Pedro o negou e se arrependeu, e Judas, após ouvir a sentença de morte, suicidou-se.
Por volta das sete da manhã, Pôncio Pilatos, o governador, ouviu as acusações de excitação política por parte do prisioneiro. Não vendo culpa nele, o enviou a Herodes, rei da Galiléia, que o enviou de volta vestido em um manto de escárnio. Pilatos, tentando libertar Jesus, foi forçado a libertar Barrabás. Ainda tentando soltar Jesus, enviou-o para ser açoitado, e depois o apresentou ao povo. Eles ainda queriam condenar Jesus, pedindo a crucifixão. Pilatos então lavou as mãos, e o entregou para que fosse crucificado. Carregando a sua própria cruz, ele cruzou 1/4 de milha até o Gólgota, e lá, entre dois ladrões, Nosso Senhor foi crucificado. Por volta das três da tarde, ele morreu. O corpo foi retirado e colocado em um sepulcro cavado na rocha, pertencente a José de Arimatéia.

A Crucifixão
Nos tempos antigos os criminosos eram executados por crucifixão. Era uma técnica oriental de execução que fora adotada pelos romanos. Em nossos dias penas capitais são muito mais raras. Os criminosos são executados na cadeira elétrica, câmara de gás, injeção letal, etc. Porém os romanos crucificavam.
A ideia era fazer o condenado morrer em público da forma mais terrível possível. Por isso deveria ser um espetáculo público. O condenado era primeiramente açoitado, para aparentar uma figura de sofrimento. Atravessava a cidade com o motivo de sua condenação escrita para que todos pudessem ver. O local de sua execução também deveria ser público – por exemplo, próximo aos portões da cidade ou ao monte, como uma lição para todos.
Quando fixado à cruz por pregos ou cordas, o homem seria elevado. Os pés deveriam ficar ao nível das cabeças dos pedestres. Ele, então, nesta condição, deveria aguardar a morte, olhando as pessoas passando, ouvindo seus escárnios e insultos. Poderiam viver por dias, até que a fraqueza, sufocação pela fumaça de fogo ou agressões os abatesse. Em tempos antigos, os corpos eram deixados na cruz, para servirem de comida aos pássaros. Mas depois era concedida uma permissão especial para enterrar os corpos. Foi desta forma que Jesus foi preso, condenado e executado – por nossos pecados.





FONTE = NET

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER



A Igreja propõe aos cristãos os sagrados mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição do Filho de Deus, tornado Homem, para no martírio da Cruz e na vitória sobre a morte, oferecer a todos os homens a graça da salvação.

Domingo de Ramos
O Domingo de Ramos dá início à Semana Santa e lembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, aclamado pelos judeus.A Igreja recorda os louvores da multidão cobrindo os caminhos para a passagem de Jesus, com ramos e matos proclamando: “Hosana ao Filho de Davi. Bendito o que vem em nome do Senhor”. (Lc 19, 38; Mt 21, 9). Com esse gesto, portando ramos durante a procissão, os cristãos de hoje manifestam sua fé em Jesus como Rei e Senhor.
Quinta-feira Santa
Celebramos a Instituição do Sacramento da Eucaristia. Jesus, desejoso de deixar aos homens um sinal da sua presença antes de morrer, instituiu a eucaristia. Na Quinta-feira Santa, destacamos dois grandes acontecimentos:
Bênção dos Santos Óleos
Não se sabe com precisão, como e quando teve início a bênção conjunta dos três óleos litúrgicos. Fora de Roma, esta bênção acontecia em outros dias, como no Domingo de Ramos ou no Sábado de Aleluia. O motivo de se fixar tal celebração na Quinta-feira Santa deve-se ao fato de ser este último dia em que se celebra a missa antes da Vigília Pascal. São abençoados os seguintes óleos:
Óleo do Crisma - Uma mistura de óleo e bálsamo, significando a plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar “o bom perfume de Cristo”. É usado no sacramento da Confirmação (Crisma), quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo é usado também no sacramento para ungir os “escolhidos” que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus, conduzindo o povo e santificando-o no ministério dos sacramentos. A cor que representa esse óleo é o branco ouro.
Óleo dos Catecúmenos - Catecúmenos são os que se preparam para receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água. Este óleo significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno, o liberta e prepara para o nascimento pela água e pelo Espírito. Sua cor é vermelha.
Óleo dos Enfermos - É usado no sacramento dos enfermos, conhecido erroneamente como “extrema unção”. Este óleo significa a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoa para enfrentar a dor e, inclusive a morte, se for vontade de Deus. Sua cor é roxa.
Instituição da Eucaristia e Cerimônia do Lava-pés
Com a Missa da Ceia do Senhor, celebrada na tarde de quinta-feira, a Igreja dá início ao chamado Tríduo Pascal e comemora a Última Ceia, na qual Jesus Cristo, na noite em que vai ser entregue, ofereceu a Deus Pai o seu Corpo e Sangue sob as espécies do Pão e do Vinho, e os entregou para os Apóstolos para que os tomassem, mandando-lhes também oferecer aos seus sucessores. Nesta missa faz-se, portanto, a memória da instituição da Eucaristia e do Sacerdócio. Durante a missa ocorre a cerimônia do Lava-Pés que lembra o gesto de Jesus na Última Ceia, quando lavou os pés dos seus apóstolos.O sermão desta missa é conhecido como sermão do Mandato ou do Novo Mandamento e fala sobre a caridade ensinada e recomendada por Jesus Cristo. No final da Missa, faz-se a chamada Procissão do Translado do Santíssimo Sacramento ao altar-mor da igreja para uma capela, onde se tem o costume de fazer a adoração do Santíssimo durante toda a noite.
Sexta-feira Santa
Celebra-se a paixão e morte de Jesus Cristo. O silêncio, o jejum e a oração devem marcar este dia que, ao contrário do que muitos pensam, não deve ser vivido em clima de luto, mas de profundo respeito diante da morte do Senhor que, morrendo, foi vitorioso e trouxe a salvação para todos, ressurgindo para a vida eterna. Às 15 horas, horário em que Jesus foi morto, é celebrada a principal cerimônia do dia: a Paixão do Senhor. Ela consta de três partes: liturgia da Palavra, adoração da cruz e comunhão eucarística. Depois deste momento não há mais comunhão eucarística até que seja realizada a celebração da Páscoa, no Sábado Santo.
Sábado Santo
No Sábado Santo ou Sábado de Aleluia, a principal celebração é a “Vigília Pascal”.
Vigília Pascal
Inicia-se na noite do Sábado Santo em memória da noite santa da ressurreição gloriosa de Nosso Senhor Jesus Cristo. É a chamada “a mãe de todas as santas vigílias”, porque a Igreja mantém-se de vigília à espera da vitória do Senhor sobre a morte. Cinco elementos compõem a liturgia da Vigília Pascal: a bênção do fogo novo e do círio pascal; a proclamação da Páscoa, que é um canto de júbilo anunciando a Ressurreição do Senhor; a liturgia da Palavra, que é uma série de leituras sobre a história da Salvação; a renovação das promessas do Batismo e, por fim, a liturgia eucarística.
Domingo de Páscoa
A palavra “páscoa” vem do hebreu “Peseach” e significa “passagem”. Era vivamente comemorada pelos judeus do Antigo Testamento. A Páscoa que eles comemoram é a passagem do mar Vermelho, que ocorreu muitos anos antes de Cristo, quando Moisés conduziu o povo hebreu para fora do Egito, onde era escravo. Chegando às margens do Mar Vermelho, os judeus, perseguidos pelos exércitos do faraó teriam de atravessá-lo às pressas. Guiado por Deus, Moisés levantou seu bastão e as ondas se abriram, formando duas paredes de água, que ladeavam um corredor enxuto, por onde o povo passou. Jesus também festejava a Páscoa. Foi o que Ele fez ao cear com seus discípulos. Condenado à morte na cruz e sepultado, ressuscitou três dias após, num domingo, logo depois da Páscoa judaica. A ressurreição de Jesus Cristo é o ponto central e mais importante da fé cristã. Através da sua ressurreição, Jesus prova que a morte não é o fim e que Ele é verdadeiramente o Filho de Deus. O temor dos discípulos em razão da morte de Jesus, na Sexta-Feira, transforma-se em esperança e júbilo. É a partir deste momento que eles adquirem força para continuar anunciando a mensagem do Senhor. São celebradas missas festivas durante todo o domingo.
A data da Páscoa
A fixação das festas móveis decorre do cálculo que estabelece o Domingo da Páscoa de cada ano. A Páscoa deve ser celebrada no primeiro domingo após a primeira lua cheia que segue o equinócio da primavera, no Hemisfério Norte (21 de março). Se esse dia ocorrer depois do dia 21 de abril, a Páscoa será celebrada no domingo anterior. Se, porém, a lua cheia acontecer no dia 21 de março, sendo domingo, será celebrada dia 25 de abril. A Páscoa não acontecerá nem antes de 22 de março, nem depois de 25 de abril. Conhecendo-se a data da Páscoa, conheceremos a das outras festas móveis. Domingo de Carnaval - 49 dias antes da Páscoa. Quarta-feira de Cinzas - 46 dias antes da Páscoa. Domingo de Ramos - 7 dias antes da Páscoa. Domingo do Espírito Santo - 49 dias depois.Corpus Christi - 60 dias depois.
Símbolos da Páscoa
Cordeiro: O cordeiro era sacrificado no templo, no primeiro dia da páscoa, como memorial da libertação do Egito, na qual o sangue do cordeiro foi o sinal que livrou os seus primogênitos. Este cordeiro era degolado no templo. Os sacerdotes derramavam seu sangue junto ao altar e a carne era comida na ceia pascal. Aquele cordeiro prefigurava a Cristo, ao qual Paulo chama “nossa páscoa” (1Cor 5, 7).
João Batista, quando está junto ao Rio Jordão em companhia de alguns discípulos e vê Jesus passando, aponta-o em dois dias consecutivos dizendo: “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jô 1, 29 e 36).Isaías o tinha visto também como cordeiro sacrificado por nossos pecados ( Is 53, 7-12). Também o Apocalipse apresenta Cristo como cordeiro sacrificado, agora vivo e glorioso no céu. ( Ap 5,6.12; 13, 8).
Pão e vinho: Na ceia do Senhor, Jesus escolheu o pão e o vinho para dar vazão ao seu amor. Representando o seu corpo e sangue, eles são dados aos seus discípulos para celebrar a vida eterna.
Cruz: A cruz mistifica todo o significado da Páscoa na ressurreição e também no sofrimento de Cristo. No Conselho de Nicéia, em 325 d.C., Constantino decretou a cruz como símbolo oficial do cristianismo. Símbolo da Páscoa, mas símbolo primordial da fé católica.
Círio Pascal: É uma grande vela que é acesa no fogo novo, no Sábado Santo, logo no início da celebração da Vigília Pascal. Assim como o fogo destrói as trevas, a luz que é Jesus Cristo afugenta toda a treva do erro, da morte, do pecado. É o símbolo de Jesus ressuscitado, a luz dos povos. Após a bênção do fogo acende-se, nele, o Círio. Faz-se a inscrição dos algarismos do ano em curso; depois cravam-se cinco grãos de incenso que lembram as cinco chagas de Jesus, e as letras “alfa” e “ômega”, primeira e última letra do alfabeto grego, que significam o princípio e o fim de todas as coisas.
- See more at: http://www.comshalom.org/formacao/exibir.php?form_id=3513#sthash.Yk1Hk3Qu.dpuf

sexta-feira, 22 de março de 2013

MOMENTOS NA VARANDA ...



ASSUNTO:

Acontecimentos TRÁGICOS.

Que infelizmente sempre acontecem e, na nossa pequena
cidade (Marechal Floriano) não é diferente.




O papo estava descontraído ... Meu irmão chegou
falando de uma pessoa conhecida nossa que havia 
morrido ...
Perguntei a ele se iria lá ver ?
Ele me respondeu que a pessoa estava morta e, não 
adiantaria ir ver.
Falei que nestes momentos a família precisa desse 
apoio e bláblábláblá ...
Minha amiga que até aquele momento estava só 
escutando começou ...
Realmente você tem razão, a família precisa ...
Você já reparou que quando a morte não é 
trágica, o que temos presentes são o familiares e os 
amigos mais chegados ??
Respondi - Realmente, outro dia estávamos falando 
sobre isso ...
Então, ela falou:
Imagina se você tivesse morrido naquele acidente em
2007 ?? Quantas pessoas estariam presentes ??
E se você morresse hoje ?? A diferença que seria ??
Respondi - Você tem razão !!
Ela continuou ...
Outro dia uma pessoa morreu numa situação trágica,
não tinha como chegar perto do caixão, uma situação 
terrível que teve até policiamento.
Porque ???
Pela situação trágica que foi a morte ??
Infelizmente, acredito que sim. 

Realmente, é muito triste saber e ver que tragedias 
assim o povo comparece em massa ...
E não sendo assim, só os familiares e amigos mais 
chegados.

É MUITO TRISTE ...
FICO ATÉ SEM PALAVRAS.


PENSE NISSO ...

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

quarta-feira, 20 de março de 2013

LIVRE ARBÍTRIO ...


O QUE É ???




Livre arbítrio é o poder que cada indivíduo tem de escolher suas ações, que caminho que seguir, mas nem sempre esse caminho pode ser benéfico. A expressão é utilizada por diversas religiões, como o catolicismo, espíritas, budistas e etc., e cada uma explica seu ponto de vista em relação ao livre arbítrio, e se ele realmente existe.


O real significado de livre arbítrio tem sentidos religiosos, psicológicos, morais e científicos. Algumas pessoas dizem que livre arbítrio significa ter liberdade, e muitas vezes confundem com desrespeito, e falta de educação. Cada um realmente tem direito de fazer o que quiser com sua vida, e escolher qual caminho quer seguir, desde que não prejudique ninguém.

Livre Arbítrio para os Católicos e na Bíblia

Para os Católicos, livre arbítrio é o poder que Deus dá aos seus fiéis de serem livres e fazerem o que bem entenderem, arcando sempre com suas escolhas, independentes se são “boas”, ou “más”. Segundo a Igreja, Deus acredita que seus fiéis vão fazer sempre a escolha certa, e por isso não interfere nas decisões de cada um. O livre arbítrio está na Bíblia, em diversas passagens, mas onde Deus diz que as pessoas devem se comportar como querem, mas sem fazer mal a ninguém. A Bíblia também fala em predestinação, onde algumas pessoas são escolhidas mesmo antes de nascerem, e são predestinadas a seguirem o caminho de Deus.

Livre Arbítrio - Santo Agostinho

Livre Arbítrio (De Libero Arbitrio) foi uma obra da autoria de Santo Agostinho. Este livro, que tem data de 395, foi escrito na forma de diálogo do autor com o seu amigo Evódio. Nesta obra, Santo Agostinho elabora algumas teses a respeito da liberdade humana e aborda a origem do mal moral.

Muitas vezes a expressão livre arbítrio, tem o mesmo significado que a expressão liberdade. No entanto, Santo Agostinho diferenciou claramente esses dois conceitos. O livre arbítrio é a possibilidade de escolher entre o bem e o mal; enquanto que a liberdade é o bom uso do livre arbítrio. Isso significa que nem sempre o homem é livre quando põe em uso o livre arbítrio, depende sempre de como usa essa característica. Assim, o livre arbítrio está mais relacionado com a vontade. Porém, uma distinção entre os dois é que a vontade é um ato ou ação, enquanto que o livre arbítrio é uma faculdade.


Livre Arbítrio para os Espíritas

Os espíritas acreditam que toda ação tem uma reação, para eles, o livre arbítrio vai depender do quanto o espírito da pessoa é evoluído moralmente e intelectualmente. Para o espiritismo, o livre arbítrio é válido quando ele proporcionar um aprendizado, uma evolução.

Livre Arbítrio na Filosofia

Para a filosofia, o livre arbítrio tem origem no Determinismo, que defende que todos os acontecimentos são causados por fatos anteriores. Para a a ciência da filosofia, o indivíduo faz exatamente aquilo que tinha de fazer, seus atos são inerentes a sua vontade, e ocorrem com a força de outras causas, internas ou externas.

FONTE = NET

ENTÃO, 
PENSE NISSO ...

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

segunda-feira, 18 de março de 2013

NESTA VIDA.



TEMOS QUE SER GRATOS A CADA DIA ...

A CADA SEGUNDO VIVIDO.


Pois, participamos do maior espetáculo dela,
todos os dias ... 
O amanhecer ...
O entardecer ...
O anoitecer ...
A vida nos da oportunidades que infelizmente muitas 
vezes no nosso egoismo humano, não enxergamos ...
 A SUA BELEZA.
A beleza de viver, ver, sentir e ouvir a grandeza 
deste lindo espetáculo que se chama VIDA. 
Temos os nossos cinco sentidos que fomos presenteados: 

cinco sentidos 

Visão, Audição, Paladar, Tato e Olfato: os cinco sentidos humanos

Somos abençoados ...
E, mesmo assim não ficamos satisfeitos, infelizmente.
Estes sentidos que nos proporcionam o relacionamento 
com o ambiente vivido ... 
Então dê mais sentido a VIDA.

ELA PRECISA DESTES SENTIDOS PARA 
CONTINUAR A FAZER SENTIDO.



PENSE NISSO ...

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

sexta-feira, 15 de março de 2013

DESABAFO DE UMA MÃE ...



Meu filho quer ser emancipado ...
E agora, o que faço ???


Ouvi este desabafo esta semana de uma amiga 
muito querida ...
Olhei para ela e falei:
- A vontade que tenho agora é te dizer, emancipa 
este moleque, mas sei que as coisas não são assim ...
Não tenho filhos e não posso dizer que sei o que você 
está sentindo, só sei que vejo o seu sofrimento ... 
E não deve ser nada fácil lidar com esta situação.
Ela me contou o que tinha ocorrido e, de como ele tinha 
falado ... 
E se perguntava aonde tinha falhado ???
Então falei:
- Amiga, todos pais e mães falham, pecam ou seja la 
como queira colocar ... Mas, não adianta agora ficar 
se culpando, pense muito bem antes de tomar uma 
decisão e, pense nisso:
Nós somos responsáveis pelas nossas escolhas ...
E seu filho está fazendo a dele.
Ele está com dezesseis anos, já saiu de casa para morar 
com uma menina mais velha que ele ...
Não te respeita, não quer saber de você e, quando tem 
uma brecha te humilha ... 
Sei lá, é complicado sim, pois você é mãe e penso que 
se você o emancipar vai se achar uma fracassada.
- Sim. Ela me respondeu.


O que pensar, o que falar ...
Sinceramente é muito difícil, fiquei um pouco em 
duvida se estava falando certo.
Mas, naquele momento não tinha muito o que falar e,
minha amiga já sabia qual decisão deveria ser tomada.

PENSO ...
QUE O RESPEITO COM PAI E MÃE, NÃO 
EXISTE MAIS OU PELO MENOS É 
MUITO RARO, INFELIZMENTE.
DE QUEM É A CULPA ??
NÃO SEI !!
MAS, DE UMA COISA SEI ...
HOJE EM DIA TUDO TRAUMATIZA A CRIANÇA.


HOJE EM DIA É A SUPER PROTEÇÃO, A CRIANÇA

NÃO PODE REPROVAR , NÃO PODE LEVAR

PALMADAS , NÃO PODE MUITAS COISAS ...

TUDO PODE DEIXA-LA TRAUMATIZADA.



NA MINHA INFÂNCIA ERA, NÃO PODE E 
PRONTO, AS PALMADAS TAMBÉM NÃO TRAUMATIZAVAM NINGUÉM ...
TRAGO COMIGO ATÉ O DIAS ATUAIS, PEDIR 
A BENÇÃO DE MINHA MÃE SEMPRE ...
SEI QUE TRAUMAS EXISTEM, QUE NÃO SÃO 
FRESCURA ... 
MAS ESTE EXAGERO QUE EXISTE ATUALMENTE, 
É UM TANTO QUANTO SEM LÓGICA.

AS MUDANÇAS TEM SEU PREÇO ...

E AI ESTÁ O DIFERENCIAL !!!


GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

terça-feira, 12 de março de 2013

DÊ O SEU MELHOR ...



SEMPRE !!!



"Talvez eu venha a envelhecer rápido demais.Mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena.
Talvez eu sofra inúmeras desilusões no decorrer de minha vida.Mas farei que elas percam a importância diante dos gestos de amor que encontrei.
Talvez eu não tenha forças para realizar todos os meus ideais.Mas jamais irei me considerar um derrotado.
Talvez em algum instante eu sofra uma terrível queda.Mas não ficarei por muito tempo olhando para o chão.
Talvez um dia o sol deixe de brilhar.Mas então irei me banhar na chuva.
Talvez um dia eu sofra alguma injustiça.Mas jamais irei assumir o papel de vítima.
Talvez eu tenha que enfrentar alguns inimigos.Mas terei humildade para aceitar as mãos que se estenderão em minha direção.
Talvez numa dessas noites frias, eu derrame muitas lágrimas.Mas não terei vergonha por esse gesto.
Talvez eu seja enganado inúmeras vezes.Mas não deixarei de acreditar que em algum lugar alguém merece a minha confiança.
Talvez com o tempo eu perceba que cometi grandes erros.Mas não desistirei de continuar trilhando meu caminho.
Talvez com o decorrer dos anos eu perca grandes amizades.Mas irei aprender que aqueles que realmente são meus verdadeiros amigos nunca estarão perdidos.
Talvez algumas pessoas queiram o meu mal.Mas irei continuar plantando a semente da fraternidade por onde passar.
Talvez eu fique triste ao concluir que não consigo seguir o ritmo da música.Mas então, farei que a música siga o compasso dos meus passos.
Talvez eu nunca consiga enxergar um arco-íris.Mas aprenderei a desenhar um, nem que seja dentro do meu coração.
Talvez hoje eu me sinta fraco.Mas amanhã irei recomeçar, nem que seja de uma maneira diferente.
Talvez eu não aprenda todas as lições necessárias.Mas terei a consciência que os verdadeiros ensinamentos já estão gravados em minha alma.
Talvez eu me deprima por não ser capaz de saber a letra daquela música.Mas ficarei feliz com as outras capacidades que possuo.
Talvez eu não tenha motivos para grandes comemorações.Mas não deixarei de me alegrar com as pequenas conquistas.
Talvez a vontade de abandonar tudo torne-se a minha companheira.Mas ao invés de fugir, irei correr atrás do que almejo.
Talvez eu não seja exatamente quem gostaria de ser.Mas passarei a admirar quem sou.Porque no final saberei que, mesmo com incontáveis dúvidas, eu sou capaz de construir uma vida melhor.
E se ainda não me convenci disso, é porque como diz aquele ditado: “ainda não chegou o fim”Porque no final não haverá nenhum “talvez” e sim a certeza de que a minha vida valeu a pena e eu fiz o melhor que podia."
Aristóteles Onassis

ESTE TEXTO ...
TIVE QUE COMPARTILHAR COM 
VOCÊS ...

ACHEI MUITO INTERESSANTE.


GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

quarta-feira, 6 de março de 2013

PARA PONDERAR ...







"Quem de manhã compreendeu os ensinamentos da 
  sabedoria, à noite pode morrer contente."
Confúcio


"Toda a educação se reduz a estes dois ensinamentos: 
 aprender a suportar a injustiça e aprender a suportar 
 o aborrecimento."
Ferdinando Galiani


"Gate gate paragate parasamgate bodhi svaha. - Prossiga, prossiga, prossiga, vá em frente com decisão, caminhe para diante, firme-se na iluminação."
[Escrituras Mahayana, cujo elo são os bodhisattvas, como Maytreya e Manjushri.

Baseado nos ensinamentos do Buda no Pico dos Abutres.


"Se eu pudesse em uma frase resumir todos os meus ensinamentos eu diria: Nunca deixe o mal dominar seus pensamentos"
Confúcio


"No mistério da vida é q as pessoas que conhecemos 
se 
revelam como escória ou como 

valiosos tesouros ...
inestimáveis,insubstituíveis,inigualáveis."
Ailton Moura de Morais


"A palavra é e será sempre um dos ativos mais valiosos 
do empreendedor."
 Eike Batista


"Mudança é bom e, quando o aprendizado vem junto,
   somos abençoados ...
   Que assim seja."
Giovana Cristina Schneider


"NESTE DIA ...

Agradeço a Deus por fazer parte desta vida, de
estar bem ...
De ter aprendido ...
Que muitas coisas acontecem nesta vida para
o nosso crescimento, mesmo que no momento
não entendemos ...
Que errei muito ...
E Deus com sua divina misericórdia me deu
uma oportunidade de continuar e, assim vou
todos os dias tentando acertar ...
Mesmo que nem sempre consigo, continuo
tentando fazer o melhor ...
Comigo mesma e, com os meus semelhantes."
Giovana Cristina Schneider

"Eu ainda não sei bem onde quero chegar. 
Mas, sei que essa  estrada me reserva ensinamentos 
para o meu crescimento."
 Gabriela Stacul

"... E continue atravessando a sua ponte, viva o que você
tem que viver, ajude e continue.
Mas, não pegue sentimentos que não te pertence, cada um
tem o seu ciclo para completar."
Giovana cristina Schneider

"Façamos da vida, uma busca de um lindo 
   ARCO-ÍRIS."
Giovana Cristina Schneider

"Faça da oração ...
Uma boa alimentação do seu dia-a-dia."
Giovana Cristina Schneider


PARA UMA BOA REFLEXÃO DA SUA VIDA ...


Ela está boa ???
DÊ GRAÇAS A DEUS.

Não tão bem ???
DÊ GRAÇAS A DEUS.

Agradeça sempre ... 
É a melhor maneira de viver bem. 



GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER


terça-feira, 5 de março de 2013

A HISTÓRIA DOS TRÊS CONSELHOS.


Para uma boa reflexão ...



 Um casal de jovens recém-casados, era muito pobre e vivia de favores num sítio do interior.
Um dia o marido fez a seguinte proposta a esposa :
— Querida eu vou sair de casa, vou viajar para bem longe, arrumar um emprego e trabalhar até ter condições para voltar e dar-te uma vida mais digna e confortável.
Não sei quanto tempo vou ficar longe, só peço uma coisa, que você me espere e, enquanto estiver fora, seja fiel a mim, pois eu serei fiel a você.
Assim sendo o jovem saiu.
Andou muitos dias a pé, até que encontrou um fazendeiro que estava precisando de alguém para ajudá-lo em sua fazenda.
O jovem chegou e ofereceu-se para trabalhar, no que foi aceito.
Pediu para fazer um pacto com o patrão, o que também foi aceito.
O pacto seria o seguinte :
— Me deixe trabalhar pelo tempo que eu quiser e quando eu achar que devo ir, o Senhor me dispensa das minhas obrigações.
— Eu não quero receber o meu salário.
Peço que o Senhor o coloque na poupança, até o dia em que eu for embora. - No dia em que eu sair o Senhor me dá o dinheiro e eu sigo o meu caminho.
Tudo combinado.
Aquele jovem trabalhou durante vinte anos, sem férias e sem descanso.
Depois de vinte anos chegou para o patrão e disse :
— Patrão, eu quero o meu dinheiro, pois estou voltando para a minha casa.
O patrão então lhe respondeu :
— Tudo bem, afinal, fizemos um pacto e vou cumpri-lo, só que antes, quero lhe fazer uma proposta, tudo bem ?
— Eu lhe dou todo o seu dinheiro e você vai embora ou eu lhe dou três conselhos e não lhe dou o dinheiro e você vai embora.
Se eu lhe der o dinheiro eu não lhe dou os conselhos e se eu lhe der os conselhos eu não lhe dou o dinheiro.
— Vá para o seu quarto, pense e depois me de a resposta.
Ele pensou durante dois dias, procurou o patrão e disse-lhe :
— Quero os três conselhos.
O patrão novamente frisou :
— Se lhe der os conselhos, não lhe dou o dinheiro.
E o empregado respondeu :
— Quero os conselhos.
O patrão então lhe falou :

01) Nunca tome atalhos em sua vida, caminhos mais curtos e desconhecidos podem custar a sua vida;

02) Nunca seja curioso para aquilo que é mal, pois a curiosidade para o mal pode ser mortal;

03) Nunca tome decisões em momentos de ódio ou de dor, pois você pode se arrepender e ser tarde demais.

Após dar os conselhos, o patrão disse ao rapaz, que já não era tão jovem assim:
— Aqui você tem três pães, dois para você comer durante a viagem e o terceiro é para comer com sua esposa quando chegar a sua casa.
O homem então, seguiu seu caminho de volta, depois de vinte anos longe de casa e da esposa que ele tanto amava.
Após o primeiro dia de viagem, encontrou um andarilho que o cumprimentou e lhe perguntou :
— Pra onde você vai ?
Ele respondeu :
— vou para um lugar muito distante que fica a mais de vinte dias de caminhada por esta estrada.
O andarilho disse-lhe então :
— Rapaz, este caminho é muito longo, eu conheço um atalho que "é dez" e você chega em poucos dias.
O rapaz contente, começou a seguir pelo atalho, quando lembrou-se do primeiro conselho, então voltou e seguiu o caminho normal.
Dias depois soube que o atalho levava a uma emboscada.
Depois de alguns dias de viagem, cansado ao extremo, achou uma pensão à beira da estrada, onde pôde hospedar-se.
Pagou a diária e após tomar um banho deitou-se para dormir.
De madrugada acordou assustado com um grito estarrecedor.
Levantou-se de um salto só e dirigiu-se à porta para ir até o local do grito.
Quando estava abrindo a porta, lembrou-se do segundo conselho.
Voltou, deitou-se e dormiu.
Ao amanhecer, após tomar o café, o dono da hospedagem lhe perguntou se ele não havia ouvido um grito e ele disse que tinha ouvido.
O hospedeiro disse :
E você não ficou curioso ? ele disse que não.
No que o hospedeiro respondeu :
— Você é o primeiro hóspede a sair vivo daqui, pois meu filho tem crises de loucura; grita durante a noite e quando o hospede sai, mata-o e enterra-o no quintal.
O rapaz prosseguiu na sua longa jornada, ansioso por chegar a sua casa.
Depois de muitos dias e noites de caminhada...
Já ao entardecer, viu entre as árvores a fumaça de sua casinha, andou e logo viu entre os arbustos a silhueta de sua esposa.
Estava anoitecendo , mas ele pôde ver que ela não estava só.
Andou mais um pouco e viu que ela tinha entre as pernas, um homem a quem estava acariciando os cabelos.
Quando viu aquela cena, seu coração se encheu de ódio e amargura e decidiu-se a correr de encontro aos dois e a matá-los sem piedade.
Respirou fundo, apressou os passos, quando lembrou-se do terceiro conselho.
Então parou, refletiu e decidiu dormir aquela noite ali mesmo e no dia seguinte tomar uma decisão.
Ao amanhecer, já com a cabeça fria ele disse :
— Não vou matar minha esposa e nem o seu amante.
Vou voltar para o meu patrão e pedir que ele me aceite de volta.
Só que antes, quero dizer a minha esposa que eu sempre fui fiel a ela.
Dirigiu-se à porta da casa e bateu.
Quando a esposa abre a porta e o reconhece, se atira ao seu pescoço e o abraça afetuosamente.
Ele tenta afastá-la, mas não consegue.
Então com lágrimas nos olhos, lhe diz :
— Eu fui fiel a você e você me traiu...
Ela espantada lhe responde :
Como ? Eu nunca te trai, esperei durante esses vinte anos.
Ele então lhe perguntou :
— E aquele homem que você estava acariciando ontem ao entardecer ?
E ela lhe disse :
— Aquele homem é nosso filho.
— Quando você foi embora, descobri que estava grávida.
Hoje ele está com vinte anos de idade.
Então o marido entrou, conheceu, abraçou seu filho e contou-lhes toda a sua história, enquanto a esposa preparava o café.
Sentaram-se para tomá-lo e comer juntos o último pão.
Após a oração de agradecimento, com lágrimas de emoção, ele parte o pão e ao abri-lo, encontra todo o seu dinheiro, o pagamento por seus vinte anos de dedicação.

ENTÃO ...

Muitas vezes achamos que o atalho "queima etapas" e nos faz chegar mais rápido, o que nem sempre é verdade...
Muitas vezes somos curiosos, queremos saber de coisas que nem ao menos nos dizem respeito e que nada de bom nos acrescentará...
Outras vezes, agimos por impulso, na hora da raiva, e fatalmente nos arrependemos depois...
Espero que você, assim como eu, não se esqueça desses três conselhos e não se esqueça também, de CONFIAR (mesmo que a vida muitas vezes já tenha te dado motivos para a desconfiança). 

( autoria desconhecida )

ABRAÇO CARINHOSO E FRATERNAL ...

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER