Seguidores

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

QUE SITUAÇÃO ... A MORTE.


Então ...
As pessoas matam por tão pouco ou nada.
A morte, parece que se tornou uma banalidade ...
São casos que a princípio nos parece impossível, mas que 
depois deparamos com a VERDADE.



Relembrando alguns casos:

* Daniella Perez 
A morte da atriz Daniella Perez foi um dos casos policiais notórios do século XX no Brasil. Ocorrido em 28 de dezembro de 1992, recebeu ampla cobertura da imprensa e causou comoção popular. Daniella, que à época fazia uma telenovela de grande audiência, foi assassinada por Guilherme de Pádua, que fazia par romântico com a vítima na trama, e por Paula Thomaz, esposa de Guilherme. O corpo da atriz foi encontrado em uma região de floresta na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, com 18 golpes de punhal, que causaram sua morte.

* O Caso Richthofen (outubro/2002)
É um processo polêmico que chocou a opinião pública brasileira. Uma das rés, Suzane Louise von Richthofen, foi acusada de ter planejado a morte dos próprios pais, com o auxílio do namorado Daniel Cravinhos e de seu irmão, Christian Cravinhos.

* João Hélio
O garoto ficou conhecido em todo o Brasil no dia 8 de fevereiro de 2007, após sua morte traumática na noite do dia anterior, quando o carro em que ele estava com a mãe foi assaltado. Os assaltantes arrastaram o menino preso ao cinto de segurança pelo lado de fora do veículo.


* Isabella Nardoni
 refere-se à morte da menina brasileira Isabella de Oliveira Nardoni, de cinco anos de idade, defenetrada do sexto andar do Edifício London no distrito da Vila Guilherme, em São Paulo, na noite do dia 29 de março de 2008.
O caso gerou grande repercussão no Brasil e Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, respectivamente pai e madastra da criança, foram condenados por homocídio doloso triplamente qualificado.

*E agora ... 2013
Caso do garoto de 13 anos que teria matado a 
família em São Paulo.
Marcelo Pesseghini, o garoto de 13 anos que teria matado a família e depois se matado, 
em Vila Brasilândia, São Paulo.
“Garoto de 13 atirou nos pais oficiais da polícia, na avó e na tia-avó... 
E passou o dia na escola antes de se matar”
( Este caso ainda não foi totalmente esclarecido)


Coloquei alguns casos, temos muitos e muitos mais ...
São situações inacreditáveis, mas que  acontecem mesmo, 
é uma triste realidade.


 Muitas vezes me pego pensando ...
"... Como muitas coisas seriam melhores, se as pessoas 
agissem diferente de como agem ...
A maldade reina na cabeça e línguas de muitos seres 
humanos ...
E estas maldades se tornam ações, infelizmente."

Nesta vida temos que ...
Viver, amar e não MATAR.

GIOVANA CRISTINA SCHNEIDER

Nenhum comentário: