Seguidores

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

HISTÓRIAS DO MÊS DE AGOSTO...

O mês de agosto é popularmente conhecido como o mês do desgosto, ou do azar. Mas você sabe por quê?


Os romanos deram ao oitavo mês do ano o nome de agosto, numa homenagem ao Imperador Augusto, quando estavam acontecendo os mais importantes fatos de sua vida, destacando-se, dentre os principais, a conquista do Egito e sua elevação à dignidade de cônsul. Porque, como e quando agosto começou a ser um mês azarento é que ninguém sabe explicar.ÿ
As mulheres portuguesas não casavam nunca no mês de agosto, época em que os navios das expedições zarpavam à procura de novas terras. Casar em agosto significava ficar só, sem lua-de-mel e, às vezes, até mesmo viúva. Os colonizadores portugueses trouxeram esta crença para o Brasil.ÿ
Na Alemanha, entretanto, as mulheres não acreditam no poder mágico da superstição. Enquanto em muitos países maio é o mês das noivas, lá as moças sonham casar no mês de agosto. Na Argentina, não é aconselhável lavar a cabeça durante todo o mês de agosto. Quem lava a cabeça em agosto está chamando a morte.
A verdade é que a crença popular de que agosto é o mês de desgosto não é somente um ditado popular que rima; é, também, uma superstição internacional de grande aceitação entre nós, principalmente na zona rural do país, destacando-se, de modo muito particular, em todo o Nordeste, onde o processo de colonização foi homogeneamente português.ÿ
Mas, apesar de muita gente se dizer incrédulo nos azares próprios do mês de agosto, muitos não se casam, não se mudam, não viajam e não fazem negócios em agosto. A verdade é que as pessoas - acreditando ou não - preferem não brincar com o mágico, com as coisas do sobrenatural.
Existem muitos registros históricos de desastres e outros fatos ruins ocorridos durante o mês de agosto. Conheça algumas dessas datas:
No dia 24 de agosto de 1572 Catarina de Medici ordenou o massacre de São Bartolomeu, que ceifou milhares de vidas.
No dia 14 de agosto de 1831 os poloneses foram vencidos pelos russos na chamada revolta de Varsóvia e muita gente morreu sonhando com a liberdade.
No dia 14 de agosto de 1844 a França invadiu Marrocos.
No dia 11 de agosto de 1863 a França dominou o Cambodja.ÿ
Na cidade de Nova York, no dia 6 de agosto de 1890, o primeiro homem foi eletrocutado numa cadeira elétrica, como se o governo americano, arvorando-se em defensor de sua sociedade, achasse justo tirar a vida de um homem que tirou a vida de outro, isto é, fazendo a mesma coisa.
Em 24 de agosto de 1910, o Japão invadiu a Coréia, às custas de muito sangue, de muitas lágrimas.
No dia 1º de agosto de 1914 começou a 1¦ Grande Guerra Mundial.
A Itália se apoderou, pela força das armas, da ilha de Corfu no dia 27 de agosto de 1923.
Com a morte de Hinderiburgo ocorrida no dia 2 de agosto de 1932, Hitler assume o governo da Alemanha.
A cidade de Pequim é invadida pelos japoneses no dia 8 de agosto de 1937.
Não satisfeitos com milhões de vítimas causadas pela I Grande Guerra Mundial iniciada no dia 1º de agosto de 1914, os homens iniciam a II Grande Guerra Mundial em agosto de 1939.
Mais de duzentas mil pessoas morreram nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, quando as cidades de Hiroshima e Nagazaki foram destruídas pela bomba atômica, deixadas cair pelos pilotos Thomas Ferrebre e W. Copoeland.
No dia 13 de agosto de 1961 foi iniciada a construção de um muro, em Berlim, depois mais conhecido como o Muro da Vergonha.
O Paquistão e a Öndia começaram a lutar no dia 25 de agosto de 1965.
O Exército Vermelho invadiu a Tchecoslováquia no dia 21 de agosto de 1968.
Na Irlanda do Norte, no dia 12 de agosto de 1968, católicos e protestantes começaram a se matar em nome de Deus.
No dia 8 de agosto de 1974 Richard Nixon renunciou à presidência dos Estados Unidos, em conseqüência dos escândalos de Watergate.
Em agosto de 1943 o navio "Cidade de São Paulo" chocou-se com uma das alas da Escola Naval. Dezoito pessoas morreram, inclusive Dom José da Afonseca e Silva, arcebispo de São Paulo, além de muitos feridos.
Durante o mês de agosto de 1952 caiu um DC-3 em Goiás, matando vinte e quatro pessoas e, em São Paulo, caiu um avião President com um saldo de quarenta e seis mortos e trinta feridos.
Em agosto de 1963 dez pessoas morreram em conseqüência de um choque entre aviões da Força Aérea Brasileira, em Viçosa, Alagoas.ÿ
Um DC-8, no dia 21 de agosto de 1963, quando tentava vôo com destino à Europa, caiu no Galeão matando doze pessoas.ÿ
No dia 4 de agosto de 1963 dois aviões de treinamento da FAB se chocaram em Jacarepaguá ocasionando a morte de seis aspirantes da ãronáutica.ÿ
Em agosto de 1965, um avião da TAP caiu em Cuiabá, fazendo oito vítimas.
Em agosto de 1965 o navio "Duque de Caxias" pegou fogo em Cabo Frio, quando trinta pessoas perderam a vida.
Em agosto de 1955 cinco pessoas morreram no incêndio da boate Vogue, dentre elas o cantor americano Warren Hayes.
Em agosto de 1958, uma violenta explosão seguida de um pavoroso incêndio, num paiol de pólvora do Exército em Marechal Deodoro, matou dezenas de pessoas, deixando milhares de desabrigados.
Em agosto de 1959, um incêndio que destruiu uma fábrica de tintas, no Rio de Janeiro, fez cinco vítimas, entre as quais três bombeiros.
Como resultado de uma crise política que assolou o país, suicidou-se, às 08:30 horas do dia 24 de agosto de 1954, no Rio de Janeiro, o então presidente da República Getúlio Vargas, renunciando, assim, não somente à presidência da República como também à vida.Forças estranhas fizeram com que o presidente Jânio Quadros renunciasse à presidência da República no dia 25 de agosto de 1961.
Vítima de um desastre automobilístico, Juscelino Kubitscheck faleceu no dia 22 de agosto de 1976.
FATOS HISTÓRICO

1 de Agosto

1744 - Nasce Jean-Baptiste Lamarck.


1832 - Nascimento do pintor Vitor Meireles.



1868 - A Rússia vende o Alasca para os EUA.





1922 - Morre Alexander Graham Bell, inventor do telefone.





1993 - Instituição do Cruzeiro Real (CR$).


2 de Agosto

1921 - O tenor italiano Enrico Caruso morre, aos 48 anos, vítima de peritonite.

1996 - Morre Michel Debré, político francês.


3 de Agosto
1914 - França, Bélgica e Grã-Bretanha declaram guerra à Alemanha, dando início à Primeira Guerra Mundial.


1954 - Morre Gabrielle Claudine Colette, escritora francesa.

1988 - O fim da censura e da tortura, além da liberdade de expressão intelectual e de imprensa no Brasil, é aprovado pela Assembleia Nacional Constituinte.

1997 - Morre o escritor William Burroughs, criador de "Tarzan".

4 de Agosto


1964 - Estados Unidos começam a bombardear o Vietnã do Norte.


2000 - A rainha Elisabeth celebra seus cem anos de vida diante de 30 mil pessoas reunidas em frente ao palácio de Buckingham de Londres.

5 de Agosto


1827 - Nascimento do Marechal Deodoro da Fonseca, primeiro presidente da República brasileira.


1850 - Nasce o escritor francês Guy de Maupassant.

1872 - Nascimento do médico Oswaldo Cruz, Diretor Geral de Saúde Pública no Brasil, a partir de 

1903. Ele foi o grande sanitarista brasileiro, combatendo epidemias de febre amarela, varíola e peste bubônica.

1930 - Nasce Neil Armstrong, cosmonauta norte-americano.

1955 - A cantora Carmen Miranda morre aos 46 anos, vítima de um ataque cardíaco.

1962 - Morre a atriz norte-americana Marilyn Monroe (Norma Jean Baker), sob suspeita de suicídio com barbitúricos, aos 36 anos.

6 de Agosto


1612 - Fundação da cidade de São Luiz, hoje capital do Maranhão, pelo senhor de La Ravardière.


1660 - Morre Diego Rodríguez de Silva Velázquez, pintor espanhol.

1868 - Nasce Paul Claudel, escritor francês.

1910 - Nasce o compositor brasileiro Adoniran Barbosa.

1928 - Nasce Andy Warhol, pintor e cineasta norte-americano.

7 de Agosto


1942 - Nasce Caetano Veloso, músico brasileiro, em Santo Amaro da Purificação, cidadezinha do Recôncavo Baiano. Caetano foi um dos principais expoentes do Movimento Tropicalista.-


1957 - Fim da dupla de atores cômicos Stan Laurel e Oliver Hardy, mais conhecidos como "O Gordo" e "O Magro", após a morte de Hardy, aos 65 anos, em decorrência de problemas cardíacos.

1996 - A NASA encontra evidências de vida primitiva em Marte.

8 de Agosto


1864 - Criação da Cruz Vermelha.


1937 - Nasce Dustin Hoffman, ator norte-americano.

1988 - Morre Robert Ricci, empresário francês de moda.

9 de Agosto


1896 - Nascimento de Jean Piaget, pesquisador e estudioso do desenvolvimento intelectual.


1963 - Nasce Whitney Houston, cantora norte-americana.

10 de Agosto


1823 - Nascimento de Antonio Gonçalves Dias, poeta romântico brasileiro que escreveu "Canção do Exílio".


1912 - Nascimento de Jorge Amado, escritor brasileiro.

1927 - Começa a ser esculpido na rocha do monte Rushmore (Dakota do Sul, EUA) o monumento aos presidentes norte-americanos Washington, Jefferson, Lincoln e Roosevelt, obra de Gutzon Borglum e seu filho.

1960 - Nasce Antonio Banderas, ator espanhol.

11 de Agosto


1956 - Morre Jackson Pollock, pintor norte-americano.


1986 - O automóvel Fusca parou de ser fabricado no Brasil. Alguns funcionários da linha de montagem da Volkswagen, em São Bernardo do Campo, choraram.

12 de Agosto


1907 - Nasce Miguel Torga, escritor português.


1908 - A fábrica Ford Motor Company de Detroit (EUA) coloca no mercado o primeiro modelo de automóvel Ford T 333.

1949 - Nasce Fernando Collor de Melo, político e ex-presidente brasileiro.

1964 - Morre Ian Fleming, escritor britânico, criador de James Bond.

13 de Agosto


1899 - Nasce Alfred Hitchcock, cineasta britânico.


1926 - Nasce Fidel Castro, presidente de Cuba.

1961 - Começa a construção do Muro de Berlim.

14 de Agosto


1941 - A Carta Atlântica é assinada por Churchill e Roosevelt.


1988 - Morre Enzo Ferrari, construtor italiano de carros esportivos e para corridas.

15 de Agosto


1769 - Nasce Napoleão Bonaparte, imperador da França. 


1771 - Nasce Walter Scott, escritor escocês. 

1815 - Nasce Dom Bosco, santo italiano, fundador dos salesianos.

1909 - O escritor Euclides da Cunha morre em duelo no Rio de Janeiro com o cadete Dilermando de Assis.

1921 - Morre Alfonsus de Guimaraens, poeta brasileiro.

1935 - Morre Paul Signac, pintor francês.

1969 - O Festival de Woodstock, que prometia três dias de música, paz e amor, começa na fazenda Max Yasgur, em Nova York.

16 de Agosto



1746 - Nascimento de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes.


1954 - Nasce James Cameron, cineasta norte-americano.

1959 - Nasce Madonna Louise Veronica Ciccone, cantora e atriz norte-americana.

1977 - Elvis Presley é encontrado morto no seu quarto. Aos 42 anos, o Rei do Rock sofre uma arritmia cardíaca.

17 de Agosto


1879 - Nasce Samuel Goldwyn, o lendário dono dos estúdios MGM.


1943 - Nascimento de Robert de Niro, ator norte-americano.

1952 - Nascimento de Nelson Piquet, ex-piloto brasileiro de Fórmula-1, três vezes campeão na categoria.

1987 - O poeta Carlos Drummond de Andrade morre, aos 75 anos, de parada cardíaca. Sua saúde vinha piorando desde que sua única filha, Maria Julieta, morreu em decorrência de um câncer.

18 de Agosto


1832 - Nascimento do pintor brasileiro Vítor Meireles. Em suas obras, predominavam os temas predominam os religiosos e históricos.


1909 - Nasce Marcel Carné, cineasta francês.

1923 - Nasce Shelley Winters, atriz norte-americana.

19 de Agosto


1662 - Morre Blas Pascal, filósofo e cientista francês.


1883 - Nasce Gabrielle "Coco" Chanel, estilista francesa.

1936 - O poeta Federico García Lorca é assassinado durante a Guerra Civil Espanhola.

1946 - Nasce Bill Clinton, ex-presidente norte-americano.

20 de Agosto


1940 - O revolucionário comunista russo Leon Trotsky, aos 60 anos, é assassinado no México por agentes de Josef Stalin, ex-companheiro e então ditador da União Soviética.


1994 - Morre Linus Pauling, cientista norte-americano, Prêmio Nobel de Química de 1954 e da Paz de 1962.

21 de Agosto


1827 - Morre William Blake, poeta e pintor inglês.


1947 - Morre Ettore Bugatti, construtor de automóveis italiano.

1951 - Morre Constant Lambert, compositor inglês.

1989 - Morre, aos 44 anos, o cantor brasileiro Raul Santos Seixas.

22 de Agosto


1893 - Nasce a escritora norte-americana Dorothy Parker.


1976 - Juscelino Kubitschek, ex-presidente do Brasil, morre aos 73 anos em um acidente de carro na rodovia Presidente Dutra. Ele governou o país de 1956 a 1961.

23 de Agosto


1892 - Morre Marechal Deodoro da Fonseca, primeiro presidente da República Brasileira.


1926 - O ator italiano Rodolfo Valentino, primeiro galã do cinema, morre vítima de peritonite.

24 de Agosto


1891 - Edson obtém a patente da primeira câmera cinematográfica.


1954 - O presidente brasileiro Getúlio Vargas se suicida ante a exigência de sua demissão pelas Forças Armadas.

25 de Agosto


1867 - Morre Michael Faraday, físico e químico inglês.


1900 - Morre Friedrich W. Nietzsche, filósofo e escritor alemão.

1930 - Nasce Sean Connery, ator britânico, que se tornou famoso por atuar nos primeiros filmes da série do herói James Bond, o 007.

1981 - Morre Bill Colleman, intérprete norte-americano de jazz clássico.

26 de Agosto


1907 - O mágico Houdini, húngaro naturalizado americano, apresentou pela primeira vez o truque de se livrar de algemas dentro de um tanque cheio de água.


1971 - Morre Jorge de la Vega, pintor argentino.

1994 - São Caetano do Sul, em São Paulo, foi apontada pela UNICEF como a cidade brasileira que oferece melhores condições de sobrevivência às crianças de até seis anos.

27 de Agosto


1770 - Nasce Georg Friedrich Hegel, filósofo alemão.


1910 - Nasce Agnes Gonxha "Madre Teresa de Calcutá", religiosa albanesa, Nobel da Paz de 1979.

1910 - Primeira demonstração do kinetófono, cinematógrafo com som, inventado por Thomas A. Edison.

28 de Agosto


1749 - Nasce Johann Wolfgang Goethe, escritor alemão.


1950 - Morre Cesare Pavese, escritor italiano.

29 de Agosto


1730 - Nascimento de Aleijadinho. O escultor brasileiro Antônio Francisco Lisboa nasceu em Vila Rica (atual Ouro Preto), em Minas Gerais, e foi um expoente do estilo barroco no Brasil.


1903 - Primeira exibição em Berlim de um filme falado, mediante a utilização de um gramofone.

1949 - Nasce Richard Gere, ator norte-americano.

   30 de Agosto


1879 - Thomas Edison apresenta seu primeiro aparato telefônico, que superou o antigo sistema de Felipe Heiss, aperfeiçoado por Bell.


1970 - Nasce Cameron Díaz, atriz norte-americana.

31 de Agosto


1867 - Morre Charles Baudelaire, poeta francês.


1960 - Morre Rocky Marciano, ex-campeão mundial de boxe dos pesos pesados.

1997 - Diana Spencer, princesa de Gales, morre em Paris em um acidente de automóvel, em que também morre seu acompanhante, o milionário egípcio Emad (Dodi) Al Fayed e o chofer.

FONTE: NET

E o mês de agosto sempre com novas histórias...

Como dizem: Agosto e, os seus 365 dias :) 

Giovana Cristina Schneider 


BRASIL




*Senado aprova impeachment, Dilma perde mandato e Temer assume, mais um caso que entra para a história 31/08/2016.
Agosto, um mês de suicídio, renúncia e mortes na história da política brasileira.
Tiro de Getúlio Vargas no coração, saída meteórica de Jânio Quadros do Planalto, desastre de JK e adeus de Arraes, no mesmo dia do neto, Eduardo Campos, comoveram o Brasil.

O oitavo mês dos calendários juliano e gregoriano poderia ser pulado na política brasileira. Com os seus longos 31 dias, agosto entrou para a História do Brasil marcado por tragédias. O mês viu de tudo: de suicídio e renúncia de presidentes da República até mortes de ícones da política nacional. Entre eles, o ex-presidente Juscelino Kubitschek e Miguel Arraes, ex-governador de Pernambuco e símbolo da esquerda no país, morto no mesmo dia 13 de agosto do seu neto, Eduardo Campos, vítima de acidente de avião em 2014.
Há seis décadas, no dia 24 de agosto de 1954, o presidente Getúlio Vargas se matou, no Palácio do Catete, com um tiro desferido no próprio coração. O líder da Revolução de 30, pai dos pobres e fiador da modernização do país, virou mito e adiou, por dez anos, a chegada dos militares ao poder. Uma comoção nacional tomou o Brasil inteiro pela morte de Getúlio, então presidente eleito. Ele voltara nos braços do povo, vitorioso nas urnas em 1950 — embalado pela marchinha “bota o retrato do velho outra vez/ bota no mesmo lugar” —, cinco anos após o fim do seu período de ditador no Estado Novo (1937-1945). Somente em 1964, com o golpe que depôs João Goulart, começaria o regime militar, que se prolongou até 1985.
Por sinal, Arraes, um mito nas ruas de um dos mais politizados estados do país, também voltaria ao poder, numa eleição histórica para governador, em 1986. Após anos de exílio, na verdade, a população estava devolvendo ao avô de Eduardo Campos o que os militares haviam tomado em 1964, quando, governador, fora deposto. Ocupante por três vezes o Palácio do Campo das Princesas (sede do governo estadual), Arraes morreria em 13 de agosto de 2005.
Três anos antes do golpe de 64, uma crise política sem precedentes sacudiu o Brasil. Eleito com o discurso de que varreria a corrupção, Jânio Quadros renunciou à Presidência, em 25 de agosto de 1961, por considerar inviável governar sob a Constituição de 1946. Ele não tinha apoio das esquerdas, do PSD e, muitas vezes, até da UDN. Alguns historiadores defendem a tese de que, ao deixar o governo, Jânio planejava voltar com o apoio do povo, num golpe branco que não vingou. Em meio a pressões dos militares e à campanha legalista comandada pelo governador do Rio Grande do Sul, Leonel Brizola, Jango assumiu. A solução foi o parlamentarismo, negociado para garantir a sua posse, e com Tancredo Neves como primeiro-ministro. Com poderes reduzidos, Jango trabalhou pela volta do presidencialismo. Um amplo apoio também se firmava pelo “não” ao parlamentarismo no plebiscito: Carlos Lacerda, JK, Arraes e Brizola, por exemplo. Todos interessados em uma eleição em 1965, que não ocorreu devido ao golpe militar.
Não foi em agosto, mas quase. Um dos líderes do regime militar e seu primeiro presidente, o marechal Humberto de Alencar Castello Branco morreu em 18 de julho de 1967, também num desastre aéreo. Na época ex-presidente (Costa e Silva o sucedera em março no Palácio do Planalto), Castello Branco estava no avião que se chocou com um jato de treinamento da FAB, em Fortaleza. O acidente ocorreu às 9h45m, quando o avião do governo do Ceará fora buscar o ex-presidente em Quixadá, na fazenda da escritora Rachel de Queiroz.
Durante os anos de chumbo, um novo desastre abalou o país. No dia 22 de agosto de 1976, o ex-presidente Juscelino Kubitschek morreu num acidente de carro na Via Dutra. No quilômetro 165 da rodovia, o Opala que o levava de São Paulo para o Rio ultrapassou a mureta divisória e bateu de frente num caminhão. Na época, a polícia chegou a investigar a hipótese de um ônibus ter batido de propósito na traseira do carro, dirigido por Geraldo Ribeiro. Porém, o motorista do coletivo acabou absolvido por falta de provas. Em 1996, o corpo de JK foi exumado, e o laudo oficial concluiu que ele morrera num acidente .
Dois anos antes de morrer, JK recuperara seus direitos políticos, cassados após o golpe de 64, e pretendia voltar à vida pública. Para desgosto de multidões que choraram a sua morte pelo país, o sonho havia acabado. Em seu funeral, em Brasília, 300 mil pessoas se despediram do líder mineiro, cantando a música que marcara a sua vida: o “Peixe vivo”.


Nenhum comentário: