Seguidores

quarta-feira, 10 de maio de 2017

UMA MENSAGEM PARA MAMÃE.

Escrevi para mamãe, no Dia da Mães que caiu em 10 de maio de 2015.
Hoje quis compartilhar aqui no blog, como estamos na semana das mães...
Mãe 

O que falar da senhora? pois, por mais que verbalizar aqui, não chegarei a citar todos os seus predicados. A senhora, que muitos momentos difíceis passou nesta vida, mas que firme continuou, primeiro não conheceu a própria mãe, que morreu dias depois que deu a luz...hoje logo cedo, conversando comigo na varanda, lembrou disso. Perdeu o filho cruelmente, depois foi o marido, mesmo com tanto sofrimento continuou. Hoje em dia, tem a saúde debilitada, toma duas insulinas pela manhã, outra antes do almoço e do jantar...da senhora estamos cuidando, pois agora a senhora é responsabilidade nossa, que cuidou, mas agora precisa de cuidados. Tentamos fazer o melhor, os papeis se reverteram...quase toda manhã quando faço suas insulinas, coloco uma fruta para a senhora comer, vou preparando o seu café...a carinha que faz, tipo, não estou afim de comer, é engraçado, faz cara de criança birrenta rsrsrsrs mas, falo, tem que comer sim, pois é para o seu bem, tá. Mas, o que não pode comer, sempre pede...agora chegou a vez de ser cuidada e mimada por nós. Às vezes a senhora recorre a uma chantagenzinha emocional comigo, quando quero sair de casa, tenho que ser firme (me sinto mãe de minha mãe), muitas vezes também fica triste de repente, assim é o ciclo desta vida. Mãe, sei que temos nossas falhas, às vezes um pouco sem Paciência. Já estou craque em ouvir pela milésima vez a mesma história que a senhora conta como se acabasse de tê-la vivido.
Façamos hoje o melhor, o máximo que pudermos, para que amanhã quando já não estiver mais aqui conosco possamos lembrar-nos dela com carinho, de seus sorrisos de alegria e não das lágrimas de tristeza que tenha derramado por nossa causa. Afinal, Mãe a senhora sempre será nossa Rainha, eternamente… "


Sou uma gota d'água
Sou um grão de areia
Você me diz que seus pais não lhe entendem
Mas você não entende seus pais
Você culpa seus pais por tudo
E isso é absurdo
São crianças como você
O que você vai ser
Quando você crescer?

Giovana Cristina Schneider

Nenhum comentário: